Mais lidas
Esportes

Atento ao adversário da Libertadores, Santos enviará olheiro ao Equador

.

SANTOS, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O Santos iniciou uma série de estudos para não ser surpreendido pelo Barcelona do Equador no próximo dia 13, em Guaiaquil, pelo jogo de ida das quartas de final da Copa Libertadores da América. O clube paulista enviará uma espécie de "espião" com antecedência ao Equador.

O departamento de Inteligência do Santos editou mais de dez vídeos de partidas do adversário, além de um relatório de mais de 54 páginas preparados para a comissão técnica, segundo assessoria de imprensa do clube.

O material serve para Levir Culpi e companhia analisarem como se comporta o adversário em campo: como cobram faltas, escanteios e pênaltis, defesas do goleiro em pênaltis e em partidas, por exemplo.

O trabalho foi coordenado pelo profissional responsável do departamento, Alexandre Ceolin, conhecido por trabalhar com Vanderlei Luxemburgo no Santos e no Atlético-MG. Ceolin, inclusive, ficou por muitos anos trabalhando no clube mineiro.

Será dele também a missão de ser o "espião" do Santos em Guayaquil. Ceolin viajará no próximo dia 1º para o Equador, onde analisará a logística do local —estádio, hotel, refeições, hospitais, acessos e outros fatores— e também acompanhará de perto o Barcelona.

A delegação santista viaja para o Equador logo após o clássico contra o Corinthians, no próximo dia 10. Após o jogo, a delegação retornará ao CT Rei Pelé para jantar no Hotel Recanto dos Alvinegros. Em seguida, eles seguem para Guarulhos, onde embarcam por volta da 1h para o Equador.

Como não há voo direto de São Paulo para Guaiaquil, haverá escala em Bogotá, na Colômbia. O time desembarca na capital equatoriana na tarde de segunda-feira (11) e, no hotel, realiza treino regenerativo. No dia seguinte, o técnico Levir Culpi comanda treino visando o confronto contra o Barcelona.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber