Mais lidas
Esportes

Empate mantém Cruzeiro no G6 e Santos não se aproxima do Corinthians

.

BELO HORIZONTE, MG (UOL/FOLHAPRESS) - Cruzeiro e Santos empataram em 1 a 1 neste domingo (27), no Mineirão, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro. Ainda que o resultado não seja dos melhores para nenhum dos times, os mineiros ao menos conseguiram se manter no G6. Já o Santos perdeu a chance de encostar no Corinthians.

Após a intensa partida com o Grêmio, pela semifinal da Copa do Brasil, na quarta-feira (23), o técnico Mano Menezes resolveu mudar o Cruzeiro para o jogo com o Santos. O treinador preservou alguns titulares, que sequer foram relacionados. E as ausências foram sentidas na primeira etapa do jogo, principalmente.

O Santos teve mais iniciativa e as melhores chances de gol no primeiro tempo. Destaque do time alvinegro, o atacante Bruno Henrique marcou de cabeça aos 21 minutos do primeiro tempo.

O tento foi um sonho realizado para o jogador que começou no futebol de várzea da capital mineira e ainda não tinha marcado no principal estádio da cidade.

Ele ainda teve ótima chance de fazer 2 a 0, no fim do primeiro tempo, após boa tabela com Ricardo Oliveira. Porém, o camisa 27 da equipe paulista colocou força demais na bola na hora de encobrir o goleiro Fábio e mandou por cima do gol.

Na etapa final, o time celeste mudou de postura e foi para cima. Criou várias chances, colocando o goleiro Vanderlei para trabalhar. Logo aos 9 minutos, Rafinha recebeu de Lucas Silva e finalizou para o fundo do gol.

Após o empate, o Cruzeiro ainda teve chances para virar. Na melhor delas, Rafinha quase marcou o segundo gol dele na noite, mas o zagueiro Lucas Veríssimo tirou em cima da linha.

Com o resultado, o Santos se mantém em terceiro colocado com 38 pontos —a diferença para o Corinthians é de 12 pontos e na próxima rodada tem clássico na Vila Belmiro. Já o Cruzeiro, em sexto, soma 31 pontos e após a pausa de duas semanas do Brasileiro por causa das Eliminatórias irá enfrentar a Chapecoense.

CRUZEIRO

Fábio, Ezequiel, Digão, Murilo e Diogo Barbosa; Hudson, Lucas Silva (Nonoca), Rafinha (Élber) e Thiago Neves (Arrascaeta); Rafael Sóbis e Sassá. T.: Mano Menezes.

SANTOS

Vanderlei, Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, David Braz e Zeca; Alison, Renato (Léo Cittadini) e Lucas Lima; Bruno Henrique, Copete (Nilmar) e Ricardo Oliveira (Kayke). T.: Levir Culpi.

Estádio: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)

Juiz: Anderson Daronco (FIFA/RS)

Cartões amarelos: Lucas Veríssimo e David Braz (SAN)

Gols: Bruno Henrique (SAN), aos 21 minutos do primeiro tempo; Rafinha (CRU), aos 10 minutos do segundo tempo

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber