Mais lidas
Esportes

Crise no Goiás faz presidente renunciar; Argel Fucks também pode sair

.

SANTOS, SP (UOL/FOLHAPRESS) - A crise no Goiás não para aumentar. Com o time sem vencer há cinco rodadas na Série B e bastante pressionado pela torcida, o presidente Sérgio Rassi pediu renúncia do cargo.

A informação foi confirmada pelo próprio presidente do Conselho Deliberativo do Goiás, Hailé Pinheiro, em entrevista à "Rádio 730 AM", de Goiânia, nesta sexta-feira (25).

"É difícil como é uma pessoa do caráter, da educação, da cultura, da posição do Dr. Sérgio sair na boca de todo mundo, sendo massacrado e isso é muito doído, muito ruim", disse Hailé. Ainda segundo o dirigente, Sérgio Rassi não está mais suportando a pressão.

"O Sérgio está muito magoado e com muita coisa. E como uma renúncia é um negócio de coro íntimo, o que ele disser, eu tenho que concordar com o Sérgio. Há muito tempo ele está com esse pensamento. Eu falei com ele, 'está faltando apenas três meses para o fim do mandato e ele disse que não aguentava mais três horas'", acrescentou.

Ainda de acordo com a "Rádio 730 AM", existe também a possibilidade de Argel Fucks deixar o cargo.

O Goiás volta a campo apenas na quarta-feira, dia 6 de setembro, quando recebe o Paraná no estádio Olímpico (GO), pela 23ª rodada da Série B.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber