Mais lidas
Esportes

ATUALIZADA - Barcelona vai à Justiça cobrar devolução de bônus de Neymar

.

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O Barcelona acionou a Justiça Espanhola contra Neymar pedindo reparação financeira pela saída do atacante para o PSG. O valor exigido é de 8,5 milhões de euros (R$ 31,5 milhões), referente a uma das parcelas pagas pelo time catalão a Neymar pela renovação contratual efetuada no ano passado.

O clube entende que Neymar saiu de forma unilateral do clube e, por isso, exige a devolução do valor pago em outubro do ano passado, acrescido de juros.

Em nota oficial, a equipe afirmou querer que o PSG assuma o compromisso de quitar os 8,5 milhões de euros caso Neymar não pague o valor.

"O Barcelona promoveu essas ações em defesa de seus interesses após uma rescisão unilateral do contrato por parte de Neymar, alguns meses após a assinatura da sua renovação até 2021", afirma o clube catalão na nota.

Antes mesmo da oficializar da saída do jogador, o Barcelona já havia bloqueado o pagamento da segunda parcela da renovação ""o valor foi depositado em juízo.

A família de Neymar contesta a posição do Barcelona afirmando que a transação com o PSG foi em comum acordo com o clube catalão, uma vez que foi pago o valor estipulado para saída do atleta: 222 milhões de euros.

Também em nota, a assessoria de imprensa do jogador afirmou que "a defesa formal do atleta será oportunamente apresentada" e que ele também moverá ação para receber a segunda parcela do bônus pela renovação.

"O valor é devido e está no contrato. Isso não tem contestação", disse na semana passada o advogado Marcos Motta, especializado em legislação esportiva internacional e um dos responsáveis pela negociação da saída do atleta do Barcelona e a ida para o Paris Saint-Germain. Ele disse esperar resolver a situação amigavelmente.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber