Mais lidas
Esportes

David Braz defende ataque santista após seca de gols

.

SAMIR CARVALHO

SANTOS, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O zagueiro David Braz defendeu o ataque do Santos das críticas recentes. Para o camisa 14, apesar da seca de gols —três jogos sem marcar no Campeonato Brasileiro—, o sistema ofensivo tem criado oportunidades de gol.

"Vocês estão vendo os jogos. Temos criado bastante na área adversária, mas infelizmente estamos pecando nas finalizações ou goleiros adversários fazem a defesa. Eu estaria preocupado, o time ficaria, se não criássemos. Temos criado, com posse de bola. Tivemos um pouquinho de posse fora de casa na última partida. Importante que a equipe está jogando bem, procurando o gol, mas pecando nas finalizações", afirmou Braz.

Para acabar com o jejum de gols, Braz aposta no retorno de Ricardo Oliveira ao ataque santista. O camisa 9 desfalcou o time contra o Coritiba na última rodada por conta de uma pancada nas costas.

"Teve trombada com Renato, estava de costas, e pior que ninguém reparou. Depois da jogada, vimos ele no chão. Nem conseguiu falar com a gente. Mas graças a Deus foram só dores nas costas. Exame não deu nada. Poderia ser pior. No próximo jogo, terá condições", disse.

Além de Ricardo Oliveira, Braz também aposta no retorno do volante Renato, que não atua há três jogos por causa de uma lesão muscular na coxa direita.

"Ajuda muito. São dois jogadores [Ricardo Oliveira e Renato] experientes, nossos líderes. Jogadores importantes dentro de campo e esperamos que estejam 100% para nos ajudar como fizeram nos últimos anos", comentou.

Se o ataque sofre seca de gols, a defesa santista é exaltada por não sofrer gols há quatros jogos sem tomar gols. Braz destaca o entrosamento do setor para explicar a boa fase. O sistema defensivo é formado por Vanderlei, Victor Ferraz, Lucas Veríssimo e Zeca, todos atuam juntos desde 2015.

"É uma base que trabalha desde o começo do ano, apesar da lesão do Zeca, mas é um cara que conhecemos e é titular desde 2015. Isso tem ajudado no entrosamento. E os companheiros da frente têm ajudado muito. Esquema do Levir conta com a ajuda dos atacantes. Eles ajudam muito na marcação", concluiu.

O Santos volta a campo diante do Cruzeiro neste domingo (27), 19h, no Mineirão, em duelo válido pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber