Mais lidas
Esportes

Luta de boxe entre Mayweather e McGregor ocorrerá neste sábado

.

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Um dos eventos esportivos mais esperados do ano está a apenas cinco dias de acontecer: em 26 de agosto, o multicampeão invicto Floyd Mayweather deixa sua aposentadoria de quase dois anos para enfrentar o astro do UFC Conor McGregor, que mudará de esporte por uma noite. Sim: apesar de algumas pessoas ainda estarem confusas, o duelo será uma luta profissional de boxe -a primeira da carreira do irlandês, uma estrela do MMA.

Veja a seguir tudo o que você precisa saber para apreciar o combate, que promete bater recordes de audiência e faturamento.

BOXE

Primeiro, vamos deixar claro: será uma luta de boxe, pura e simples. Estão previstos até 12 rounds de 3 minutos cada. McGregor não poderá dispor de chutes, cotoveladas, takedowns ou qualquer outra técnica que costuma usar no octógono do UFC -inclusive existem multas contratuais pesadas a que o irlandês estará sujeito caso ataque Floyd com golpes de MMA no ringue. Conor terá que usar somente boxe para tentar superar Mayweather, invicto em 49 lutas profissionais na carreira.

PESO

O peso combinado para a luta é de 154 libras (69,8 kg). Mayweather, que mede 1,73 m, é naturalmente mais leve, sendo que sua maior pesagem na carreira foi de 151 libras (68,4 kg) na luta contra Miguel Cotto, em 2012. Já McGregor, com 1,75 m, é mais pesado. Ele é o atual campeão dos leves no UFC, categoria até 155 libras (70,3 kg), mas recentemente fez duas lutas com Nate Diaz (uma derrota e uma vitória) no meio-médio (170 libras, ou 77,1 kg).

LUVAS

Os lutadores usarão luvas de boxe de 8 onças (226,8 gramas). É o dobro do peso a que McGregor está acostumado -as luvas de MMA pesam apenas 4 onças (113,4 gramas). Inicialmente, as luvas seriam ainda mais pesadas, de 10 onças (283,5 gramas), mas os dois atletas fizeram pedidos formais à Comissão Atlética de Nevada para usar equipamentos mais leves e foram atendidos.

LOCAL

A luta vai acontecer na T-Mobile Arena, em Las Vegas, Nevada. O local é um tradicional recebedor de grandes eventos de boxe e MMA e tem capacidade para 20 mil espectadores. Ainda há ingressos disponíveis, mas os preços não são camaradas: os mais baratos estão na casa dos US$ 1,5 mil (R$ 4,7 mil). Já o horário exato da luta ainda não foi definido.

BOLSAS

A expectativa é que a bolsa da luta alcance a cifra de US$ 300 milhões (R$ 944 milhões) -o número exato ainda depende de variáveis como preços de ingressos e venda de pay-per-view. A divisão para cada lutador também não é conhecida publicamente, mas especula-se que Mayweather fique com cerca de US$ 230 milhões (R$ 723,7 milhões), com McGregor abocanhando os US$ 70 milhões (R$ 220,3 milhões) restantes.

PAY-PER-VIEW

A aposta dos organizadores é que a luta supere o recorde de pay-per-view de Mayweather x Pacquiao, que em 2015 teve 4,5 milhões de assinaturas e gerou renda de mais de US$ 400 milhões (R$ 1,26 bilhão). No Brasil, a transmissão televisiva será exclusiva do canal por assinatura Combate, da Globosat.

FAVORITISMO

Nas casas de apostas, Mayweather é o grande favorito. Na inglesa William Hill, por exemplo, quem apostar na vitória de Floyd e acertar ganhará 2 libras para cada 9 apostadas. Já quem optar por McGregor vai receber 10 libras para cada 3 apostadas, caso o irlandês consiga uma inesperada vitória e acabe com o cartel perfeito do norte-americano.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber