Mais lidas
Esportes

Lutador é expulso do UFC por manipulação de resultado, diz jornal

.

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - De acordo com reportagem do jornal sul-coreano "The Korea Herald", Tae Hyun Bang foi punido pelo UFC por manipulação de resultado. O lutador teria sido subornado antes de sua vitória sobre Leo Kuntz, em combate pelos leves válido pelo UFC Fight Night 79, disputado em novembro de 2015.

Bang foi expulso do UFC e será julgado em liberdade pelo crime. Foram indiciados ainda intermediários que agiram como facilitadores para o suborno, entre eles Dae Won Kim, que também luta MMA.

A acusação foi feita pelo Ministério Público do Distrito Central de Seul, ramo do Ministério da Justiça da Coreia do Sul. A investigação foi anunciada em abril. Na época, Bang admitiu que tentou combinar o resultado de sua luta com Kuntz, mas mudou de ideia após ser alertado por funcionários do UFC.

O sul-coreano teria aceitado receber suborno de 87 mil dólares (cerca de R$ 277,4 milhões). Depois de sua vitória, o lutador foi ameaçado de morte por organização de crime organizado que teria apostado US$ 1,7 milhões em Kuntz.

Foi a aposta nababesca que fez o UFC desconfiar de Bang na ocasião. O sul-coreano não pisa em um tatame há 11 meses.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber