Esportes

Nenê é reintegrado no Vasco após reunião com Milton Mendes e elenco

.

BRUNO BRAZ

RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) - "A volta dos que não foram". Depois de ver frustrada uma tentativa de transferência, o meia Nenê foi reintegrado no Vasco após 21 dias afastado. Para ser aceito novamente, ele precisou conversar pessoalmente com a diretoria, com o técnico Milton Mendes e com o elenco. A informação foi dada pelo "Globoesporte.com" e confirmada pelo UOL Esporte.

Embora de volta ao time cruzmaltino, Nenê não deverá ter condições de jogo para a partida deste domingo (13), contra o Palmeiras, no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ). Ele ainda passará por um processo físico e técnico antes de ficar a disposição.

O meia havia pedido para deixar o clube e alegava possuir propostas para tal. Nesta terça, o vice de futebol, Eurico Brandão, admitiu que chegaram ofertas de um time espanhol e outro italiano, mas elas acabaram não se concretizando. Sem novas diretrizes, o jogador procurou os dirigentes e manifestou o desejo de retornar.

Nenê, assim com outros atletas do grupo, tem resistência ao trabalho de Milton Mendes, o que o motivou a querer deixar o Vasco, com quem tem contrato até o fim de 2018.

"Ele é importante para o Vasco. Conversou com a diretoria, com o Milton e conosco. Tudo foi resolvido da melhor forma. Já voltou e vai nos ajudar. Ele é sempre para cima, feliz. O ambiente está maravilhoso. Não tem nem o que falar dele, da qualidade, do que representa para o Vasco. A disputa por posição a gente deixa com o Milton. Só tenho que trabalhar forte", declarou o jovem meia Mateus Vital.