Mais lidas
Esportes

Vitória surpreende e vence Flamengo por 2 a 0 no Rio de Janeiro

.

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - A crise parece não ter fim no Flamengo. Após uma semana de resultado ruim, pressão e protestos, o time rubro-negro viu o cenário de caos aumentar neste domingo (6). A equipe da Gávea foi derrotada por 2 a 0 pelo Vitória, na Ilha do Urubu, pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro. Yago e Neilton marcaram os gols dos baianos.

Com apenas um triunfo nos últimos sete jogos e duas derrotas seguidas, o clima no Flamengo ficou insustentável para o técnico Zé Ricardo, que corre um risco cada vez maior de demissão. Ainda durante o jogo, a torcida pedia a saída do treinador - o que já é um desejo de boa parte da diretoria já algumas semanas.

O time rubro-negro está na quinta colocação do Campeonato Brasileiro, com 29 pontos, 18 a menos do que o líder Corinthians. O Vitória, por sua vez, ganha fôlego na luta contra o rebaixamento, apesar de ainda estar na zona do descenso (em 18º), com 19 pontos.

A torcida presente na Ilha do Urubu não perdoou Zé Ricardo, que ouviu, da beira do gramado, gritos como "acabou o amor, isso aqui vai virar um inferno", "fora Zé Ricardo" e "time sem vergonha". No fim do jogo, mais gritos de "olé" ao ver o Vitória tocar a bola. Após o apito final, seguranças cercaram o gramado e policiais com cachorros entraram em campo para garantir a ordem.

Aos 40 minutos do primeiro tempo, Willian Arão entregou uma bola de graça para Yago, que dominou e chutou no ângulo do goleiro Diego Alves. Golaço! Antes, levou a torcida do Vitória à loucura ao aplicar um lindo chapéu em Diego no meio de campo. Ótima atuação do jogador.

Com uma lesão muscular na coxa, Guerrero foi substituído por Vizeu, que não soube aproveitar as chances que teve. Só no primeiro tempo foram três boas oportunidades. Na primeira, parou em ótima defesa de Fernando Miguel. Na segunda, livre na área, não acertou a bola após cruzamento de Everton. Na terceira, também sem marcação na área, chutou fraco e facilitou para o goleiro.

O Flamengo dominou o primeiro tempo. Teve 60% da posse de bola e criou as melhores chances de gol. Além das oportunidades de Vizeu, Diego quase marcou de falta, Everton também esteve perto do gol, mas faltou caprichar mais nas finalizações. Conforme o tempo passava, o nervosismo aumentava na Ilha do Urubu. E tudo ficou pior quando no seu primeiro lance de efetivo perigo, o Vitória marcou.

Assim como no primeiro tempo, o Flamengo não tinha sucesso na parte final do campo na segunda etapa. E aos 20 minutos, em um contra-ataque mortal, Réver cometeu pênalti em Tréllez. Neilton foi para a cobrança e deu o golpe final no Flamengo para fechar o placar. No fim, o Vitória ainda acertou a trave.

Já virou rotina: jogo na Ilha do Urubu, representante da comissão técnica da seleção brasileira de olho. Neste domingo foi o chefe. Seguindo a programação de observação de jogos no Brasileiro, Tite esteve no estádio e acompanhou de perto o duelo. No radar do treinador, Diego Alves, Diego e Everton Ribeiro – todos do Flamengo. A próxima lista de convocados será divulgada na quinta-feira (10) – confrontos contra Equador e Colômbia pelas eliminatórias.

A torcida adversária contou com reforços de peso neste domingo. Os atores Lázaro Ramos e Wagner Moura estivera na Ilha do Urubu com a camisa do Vitória para acompanhar o jogo. Mesmo sem torcer para os dono da casa, ambos foram muito tietados pelos torcedores cariocas.

Na próxima rodada do Campeonato Brasileiro, o Flamengo visita o Atlético-MG, no domingo (13), enquanto o Vitória recebe o Avaí, no sábado (12).

FLAMENGO

Diego Alves; Pará, Réver, Rhodolfo e Trauco; Willian Arão (Lucas Paquetá), Éverton Ribeiro, Diego, Everton (Vinicius Junior); Geuvânio (Berrío) e Vizeu

T.: Zé Ricardo

VITÓRIA

Fernando Miguel; Caíque Sá, Kanu, Wallace e Geferson; Ramon, Fillipe Soutto e Yago (Patric); Neilton (Júnior), David (René) e Tréllez

T.: Vagner Mancini

Local: Ilha do Urubu, no Rio de Janeiro (RJ). Árbitro: Raphael Claus (SP).

Auxiliares: Alex Ang Ribeiro (SP) e Tatiane Sacilotti dos Santos (SP).

Cartões amarelos: Everton, Berrío, Diego, Réver (FLA), Yago e Wallace (VIT).

Gols: Yago, aos 40 min do primeiro tempo (VIT), e Neilton, aos 20 min do segundo tempo (VIT).

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber