Mais lidas
Esportes

Evandro e André vencem austríacos e conquistam Mundial de vôlei de praia

.

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - A dupla ainda é nova, mas já fez história. Evandro e André representaram o Brasil na grande final do Mundial de vôlei de praia, em Viena, na Áustria e bateram a dupla formada pelos donos da casa Clemens Doppler e Alexander Horst por 2 sets a 0 (23 a 21 e 22 a 20).

"Esse cara é sinistro. O que ele fez no primeiro set ficou para a história", disse André sobre o parceiro Evandro após a conquista do ouro.

Os brasileiros formaram a dupla recentemente, mas mostraram força no Mundial, primeiro de duplas do Brasil a não ter os grandes Ricardo e Emanuel. Evandro e André estão atualmente na oitava colocação do ranking mundial e ainda tiveram a torcida contra para encarar os veteranos Doppler e Horst.

Foi o primeiro Mundial de André, que com apenas 22 anos, aceitou formar dupla com Evandro no começo de 2017. O jovem que fará 23 anos ainda em agosto foi o grande destaque da partida com bons bloqueios e ataques.

A partida não foi fácil e o placar foi apertado desde o começo do duelo com brasileiros e austríacos revezando à frente do placar.

Doppler e Horst chegaram a liderar o primeiro set com mais folga, mas Evandro e André se acertaram na areia e conseguiram quebrar a empolgação austríaca.

A virada de bola deu segurança à equipe e André foi para rede bloquear mais. Ajudando o passe, a equipe brasileira conseguiu virar no final do set e fechar em 23 a 21. Foram sete aces e quatro bloqueios do Brasil na etapa.

A pressão caiu toda em cima dos austríacos no segundo set, que originou ainda mais erros dos rivais. Graças a isso, Evandro e André chegaram a abrir três pontos. Diferente da primeira etapa, os brasileiros conseguiram ficar à frente do placar.

A principal arma de Evandro e André era o bloqueio, que obrigou a dupla austríaca a repensar a partida com menos jogadas de força. A tática funcionou e chegou a assustar o Brasil. Os donos da casa chegaram a empatar o jogo no final em 19 a 19, mas não foi suficiente. Com a "formação perfeita", Evandro sacou, os adversários deixaram passar e André cravou o ponto da vitória na areia.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber