Esportes

Neymar diz que ida ao PSG não foi para ser o melhor do mundo

.

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Neymar reiterou que sua saída do Barcelona não tem qualquer relação com o protagonismo de Messi. O novo reforço do PSG destacou que a busca do prêmio de melhor do mundo não será facilitada agora sem o craque argentino ao lado.

"Eu não vim ao Paris para ser o melhor do mundo. Isso acontece naturalmente. Vim com os objetivos do clube, não o objetivo ode um jogador só. Vim para ser feliz aqui e fazer o clube maior que ele já é. Pelo clube e pelo time que tem está perto", disse Neymar ao "SporTV".

Na coletiva desta sexta-feira, Neymar teve de explicar alguns temas mais de uma vez. Os assuntos mais falados foram o valor exorbitante pago pelo PSG e o fato de ser protagonista no PSG, o que não ocorria no Barça.

Para Neymar, estar ao lado de Messi foi uma honra.

"Não, pelo contrário [se a presença de Messi atrapalhava]. Um dos motivos que fui ao Barcelona, foi para jogar com Messi. É um dos melhores do mundo na minha opinião. Não tive nenhuma pressão. Só na minha primeira semana, estava nervoso por jogar com ídolos que só via no videogame. Estar jogando com os melhores é muito mais fácil e acho que todo o jogador quer isso. Agradeço muito ao Leo [Messi], que me acolheu muito bem nesses últimos anos".

"Meu desejo foi por querer um novo desafio, por buscar algo diferente. Não estava me sentindo incomodado lá. Nunca busquei isso na minha vida. Não é o protagonismo que vim buscar. Vim buscar títulos, novos desafios. Sou movido a isso, querer estar sempre me superando, por isso estou aqui".

Neymar chega ao PSG sendo a contratação mais cara da história. O PSG pagou 222 milhões de euros (R$ 821 milhões) pela quebra de contrato com o Barcelona. O novo reforço do time francês disse em entrevista coletiva, nesta sexta-feira, em Paris, que não se transferiu apenas pelo dinheiro. O projeto montado pelo PSG foi determinante para a decisão.

"Vocês não sabem exatamente o que acontece na minha vida. Nunca foi movido por dinheiro, mas por felicidade. Sempre pensando na minha família. Só tenho a lamentar quem pensa dessa forma. Eu agradeço ao Paris por acreditar no meu potencial".