Mais lidas
Esportes

Barça diz em comunicado que só libera Neymar com pagamento total da multa

.

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Em comunicado oficial publicado nesta quarta-feira (2), o Barcelona colocou condições para a saída de Neymar. Na nota, a agremiação catalã pede que a multa da rescisão de contrato seja paga integralmente como condição para o atacante brasileiro deixar o clube.

Desta forma, o Barcelona confirma oficialmente a postura que seu presidente, Josep Maria Bartomeu, vinha demonstrando em entrevistas sobre o assunto. O clube é irredutível em relação a uma possível negociação com o PSG e só aceita a liberação mediante ao pagamento da multa integral de 222 milhões de euros (cerca de R$ 820 milhões).

Neymar comunicou os seus companheiros e o clube sobre a sua decisão de mudar de clube na manhã desta quarta-feira. Liberado do treino, se despediu dos amigos e foi para o Camp Nou, onde se reuniu, ao lado de seu pai e advogado, com o presidente Josep Maria Bartomeu para tratar sobre a transferência.

Além da multa rescisória, o encontro tratou sobre o bloqueio do pedido de bônus por extensão de contrato feito por Neymar. O clube reafirmou a sua postura de manter em suspenso o pagamento até uma resolução do impasse.

Confira a nota na íntegra:

"O jogador Neymar Jr, acompanhado por seu pai e agente, informou o FC Barcelona nesta manhã sua decisão de deixar o clube em uma reunião realizada nos escritórios do time.

Diante dessa posição, o clube informou-os que a cláusula de buy-out do seu contrato, existente desde 1 de julho, totaliza 222 milhões de euros, o que deverá ser depositado na sua totalidade.

Além disso, em resposta ao pedido de bônus de extensão do contrato, o clube deixou claro mais uma vez que o montante permanece depositado até que o caso seja resolvido.

O jogador permanece sob contrato no FC Barcelona, mas com permissão temporária para não participar de sessões de treinamento."

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber