Mais lidas
Esportes

Após eliminação, Palmeiras vence Avaí e mostra fôlego no Brasileiro

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Palmeiras não se deixou abater pela eliminação da Copa do Brasil no meio da semana. Após ser tirado da competição pelo empate com o Cruzeiro, o time alviverde jogou bem neste sábado (29) e venceu o Avaí por 2 a 0 no Allianz Parque.

Nem mesmo o afastamento do volante Felipe Melo por Cuca parece ter tirado o foco da equipe, que contou com o talento do capitão Dudu para conquistar três pontos e se manter na briga pelo acesso à Copa Libertadores.

Com o resultado, o Palmeiras chega a 29 pontos e dorme entre os quatro melhores classificados na tabela. O Avaí permanece aos 17 e afunda para a 18ª posição após a vitória do São Paulo sobre o Botafogo, também neste sábado.

O JOGO

O Palmeiras demonstrou empenho em sair vitorioso de campo desde o apito inicial. Com menos de 1 min a equipe de Cuca tentava chegar ao gol de Douglas Friedrich.

A equipe da casa não demorou a converter o domínio inicial em gol. Aos 10 min, o capitão Dudu, ovacionado em campo e bastante à vontade em campo, abriu o placar após receber a bola de Guerra, driblar um marcador e chutar forte à esquerda de Friedrich.

Apesar do gol e das boas jogadas, Dudu chegou a passar mal e vomitar em campo, mas dispensou atendimento no gramado.

A declaração de Cuca após a eliminação para o Cruzeiro, de que a equipe poderia ter matado o jogo quando teve chance e não permitido o empate, desta vez não se repetiu. Quando o Avaí começava a sair para o ataque e finalizar com mais perigo, o Palmeiras fez o segundo gol e esfriou a reação catarinense.

Em bela troca de passes, os palmeirenses envolveram a equipe adversária para marcar novamente. O gol saiu de uma jogada trabalhada de pé em pé por Bruno Henrique, Guedes e Veiga até a bola chegar em Deyverson, que chutou para anotar seu primeiro tento com a camisa alviverde.

Ao fim da primeira etapa, o Avaí teve ainda mais um obstáculo pela recuperação no placar. O meia Juan foi expulso após exceder na reclamação com o árbitro Anderson Daronco.

Com a vantagem no placar, o Palmeiras não conseguiu dilatar o placar na segunda etapa, mesmo com um jogador a mais e boas oportunidades. O Avaí até levou perigo, mas teve de suar para evitar novos gols dos paulistas.

O Palmeiras volta a campo contra o Botafogo, na próxima quarta-feira (2), no Rio de Janeiro. O Avaí enfrenta o Atlético-PR, na quinta (3), também fora de casa.

PALMEIRAS Jaílson; Mayke, Yerry Mina (Edu Dracena), Luan e Egídio; Bruno Henrique, Jean e Alejandro Guerra (Raphael Veiga); Róger Guedes (Keno), Deyverson e Dudu.

T.: Cuca

AVAÍ Douglas; Leandro Silva, Alemão, Betão e Capa; Judson, Simião (Diego Tavares), Pedro Castro e Juan; Júnior Dutra (Maurinho) e Joel (Rômulo).

T.: Claudinei Oliveira Árbitro: Anderson Daronco - RS (FIFA)

Assistentes: Rafael da Silva Alves - RS (CBF) e Elio Nepomuceno de Andrade Junior - RS (CBF)

Público/Renda: 33.633 torcedores/R$ 2.139.243,95

Cartões Amarelos: Juan e Joel (Avaí); Deyverson (Palmeiras)

Cartão Vermelho: Juan (Avaí)

Gols: Dudu (PAL), aos 10 minutos do primeiro tempo, e Deyverson (PAL), aos 34 minutos do primeiro tempo.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber