Mais lidas
Esportes

Massa fica fora do GP da Hungria após sentir tontura em treino livre

.

JULIANNE CERASOLI

BUDAPESTE, HUNGRIA (UOL/FOLHAPRESS) - A Williams confirmou neste sábado (29) que o brasileiro Felipe Massa está fora do GP da Hungria de Fórmula 1 depois de passar mal novamente durante o terceiro treino livre. O reserva Paul Di Resta será seu substituto.

Com isso, o Brasil não terá um piloto no grid pela primeira vez desde o GP de San Marino de 1982, quando um boicote de equipes inglesas deixou o GP de San Marino com apenas 14 carros no grid, sendo que Nelson Piquet não estava entre eles. Por questão de desempenho, o GP da Itália de 1977 foi o último sem brasileiros. Na ocasião, Alex Dias Ribeiro, pela March, e Emerson Fittipaldi, pela Fittipaldi, não conseguiram se classificar.

Uma informação extra-oficial vinda da FIA aponta que Massa sofreu uma labirintite viral. A Williams, no entanto, nega. "Essa informação é incorreta e a fia não deveria estar comentando sobre isso", diz a Williams.

Depois de sentir-se mal na sexta-feira (28) e ser encaminhado ao hospital em Budapeste, Felipe Massa chegou a participar da terceira sessão de treinos livres para o GP da Hungria até cerca de 20 minutos para o final, mas voltou a se sentir mal e teve de encerrar mais cedo a sessão.

"Felipe sentiu-se mal no final da segunda sessão de treinos livres de ontem, passou por alguns exames e foi levado ao hospital", explicou Claire Williams, chefe da equipe. "Ele foi liberado pelos médicos, mas voltou a se sentir mal e com tonturas durante a sessão da manhã deste sábado, então tomamos a decisão, junto de Felipe, de que ele não vai participar desta prova."

"Ele está sofrendo de vertigens combinadas com algo em seu ouvido. Não sei exatamente o termo médico. Mas obviamente ele precisa passar por mais investigações, o que ele vai fazer nos próximos dias. Tomara que ele esteja bem para voltar ao carro na Bélgica e é bom que existe um bom espaço de tempo para que ele se recupere."

Perguntada pelo UOL Esporte se Massa retornaria ao hospital, Claire disse que o piloto seguirá no circuito para ajudar a equipe.

"Felipe não vai voltar ao hospital nesta tarde. Ele vai ficar com a equipe e já está ajudando na reunião com os engenheiros e depois vai atrás de ajuda médica depois deste final de semana."

Massa ficou abatido com a ausência no GP. Depois do treino ele foi para o motorhome com o medico da FIA e se reuniu com a equipe, decidindo pela não participação. Depois, gravou uma mensagem em vídeo no Twitter da equipe.

"Eu não vou correr neste fim de semana. Não estava me sentindo bem no carro, me sentindo um pouco tonto. Estou triste, pois queria estar no carro e correr pela Williams. Aqui, é um lugar especial para mim. Eu realmente espero o melhor para a equipe, um bom trabalho neste fim de semana. Preciso descansar e me preparar da melhor forma para voltar mais forte em Spa (pista da Bélgica). Obrigado pelo apoio. Agora é torcer pela equipe, muito obrigado e vejo vocês em Spa”, disse.

Seu substituto na corrida, o britânico Paul di Resta nunca andou no carro da Williams que será utilizado no GP. Lance Stroll estará no outro carro da equipe na prova.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber