Mais lidas
Esportes

"Ídolos são para sempre", diz Ceni em homenagem a Waldir Peres

.

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Rogério Ceni publicou, em suas redes sociais, uma homenagem ao goleiro Waldir Peres, que morreu no último domingo (24), em Mogi Mirim. O agora técnico exaltou as qualidades do companheiro de posição.

"Waldir Peres, meu respeito e carinho por aquele que defendeu por uma década a meta são-paulina. Ídolos são para sempre, 617 jogos com a camisa tricolor, uma lenda", escreveu Rogério Ceni na legenda de uma foto ao lado do ex-goleiro.

O ex-arqueiro foi vítima de um infarto fulminante logo após o almoço, quando seguia para uma festa de aniversário. Waldir tinha 66 anos e não apresentava nenhum problema de saúde.

Waldir Peres é o segundo jogador que mais defendeu o São Paulo, com 617 partidas disputadas entre 3 de novembro de 1973 e 26 de maio de 1984. O recorde foi quebrado por Rogério Ceni em 2005.

No clube tricolor, foi tricampeão do Campeonato Paulista (1975, 1980 e 1981) e do Brasileiro de 1977, sendo herói na disputa de pênaltis contra o Atlético-MG. Natural de Garça, no interior paulista, ele completou 66 anos em 2 de janeiro.

Pela seleção brasileira, foi convocado para as Copas do Mundo de 1974, 1978 e 1982, sendo a última como titular do esquadrão de Telê Santana.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber