Mais lidas
Esportes

São Paulo consegue voo em Curitiba e alivia volta de Chapecó

.

BRUNO GROSSI

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O São Paulo, enfim, retornou à capital paulista. A delegação que deveria ter partido de Chapecó no último domingo, dia de derrota por 2 a 0 para a Chapecoense na 14ª rodada do Campeonato Brasileiro, dividiu a viagem de volta em duas partes e conseguiu amenizar parte dos problemas causados pelo mau tempo na cidade do oeste de Santa Catarina.

Sem condições climáticas para voar após a partida na Arena Condá, o São Paulo esperava poder decolar já na manhã desta segunda-feira. A companhia aérea responsável previa mais quatro dias com problemas do tipo para sair de Chapecó, mas algumas aeronaves conseguiram partir logo cedo. Nenhuma, porém, suportaria a delegação, composta por mais de 40 pessoas. Para o voo disponível na noite desta segunda, não havia garantias de decolagem.

A solução do São Paulo foi partir para viagem em ônibus leito, para os atletas pudessem ter um pouco mais de conforto em um trajeto que poderia durar de 12 a 14 horas. No planejamento, o grupo faria uma parada em Curitiba para uma refeição, mas logo a diretoria entrou em contato para avisar que havia conseguido um voo saindo da capital paranaense para São Paulo.

Cumpridas as burocracias necessárias, a delegação decolou 19h50 e pousou 20h45. Em seguida, foi ao CT da Barra Funda. Assim, o clube estima ter economizado quase três horas de viagem e amenizado o desgaste nos atletas. A previsão de chegada, em caso de uso apenas do ônibus, era entre 22h e 23h. Os jogadores treinam nesta terça-feira às 15h30 e encaram o Vasco da Gama às 21h45 de quarta, no Morumbi, pela 15ª rodada do Brasileiro.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber