Mais lidas
Esportes

Eduardo Baptista é demitido do Atlético-PR e Autuori também pode sair

.

PEDRO IVO ALMEIDA E NAPOLEÃO DE ALMEIDA

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O técnico Eduardo Baptista foi demitido do Atlético-PR na manhã desta segunda (10). Com ele, também pode sair o manager Paulo Autuori.

A decisão foi pessoal do presidente do Conselho Deliberativo atleticano, Mario Celso Petraglia. A medida desagradou Autuori, e uma reunião acontece no CT do Caju para definir a permanência ou não do atual manager, que não concordou com a troca de Baptista no comando após 13 jogos.

Recentemente promovido para manager do clube -um cargo diferente da função de diretor de futebol executivo- Paulo Autuori também pode deixar o Atlético-PR por estar em desacordo com a mudança considerada prematura no cargo de Baptista.

Além de Baptista, também deixa o Atlético o auxiliar-técnico Pedro Gama.

Com Baptista no comando, o Atlético-PR conseguiu 5 vitórias, 3 empates e 5 derrotas, marcando 14 e sofrendo 15 gols. Baptista comandou o time em duelos importantes pela Copa do Brasil e Copa Libertadores, e a equipe saiu em desvantagem nas eliminatórias contra Grêmio (0 a 4) e Santos (2 a 3) respectivamente.

Baptista assumiu a equipe em 28 de maio, contra o Flamengo (1 a 1). Ele chegou ao Atlético por indicação de Paulo Autuori, que havia planejado assumir nova função no clube e já estava transmitindo o cargo para Bruno Pivetti, então auxiliar. A ideia era trazer um técnico jovem, porém com mais rodagem. Baptista havia comandado o Palmeiras na Libertadores. Da contratação em 23 de maio até a demissão de Eduardo Baptista, correram-se exatos 48 dias.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber