Mais lidas
Esportes

Pacquiao pede revisão de resultado após derrota polêmica na Austrália

.

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O filipino Manny Pacquiao reivindicou nesta quarta-feira (5) a revisão de resultado de sua derrota para o australiano Jeff Horn, em combate acontecido no último final de semana, quando perdeu o título mundial dos meio-médios pela Organização Mundial de Boxe.

No dia do combate em Brisbane, no entanto, em manifestação ainda em cima do ringue, o ídolo do boxe havia afirmado que a vitória de Horn, por pontos, havia sido justa. Dias depois o filipino decidiu rever sua opinião sobre o vencedor do combate.

"Eu amo o boxe e não quero ver ele morrendo por causa de uma decisão injusta", afirmou Pacquiao através de um comunicado oficial.

"Eu havia aceitado a decisão, mas como líder, ao mesmo tempo que como lutador, tenho a obrigação moral de defender o espírito esportivo, a verdade e a justiça aos olhos do público", acrescentou o veterano pugilista de 38 anos.

Dono de uma carreira profissional de 22 anos, que inclui títulos em oito pesos distintos no boxe, Pacquiao afirmou no final de semana que gostaria de encarar uma revanche contra Horn. Horas depois, no entanto, o filipino declarou que pensaria melhor a respeito.

A vitória do australiano Horn no último domingo, após 12 assaltos, foi bastante contestada por especialistas em boxe. No dia seguinte ao combate, o órgão que cuida do esporte na Filipinas entrou com um pedido oficial de revisão de resultado.

Com o revés de domingo, o ídolo Manny Pacquiao soma agora 59 vitórias (38 por nocaute), sete derrotas e dois empates.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber