Esportes

Cirurgia definirá presença de Mari no Mundial de Vôlei

Da Redação ·

A definição sobre a presença da ponteira Mari no Mundial Feminino de Vôlei, que será disputado no Japão entre os dias 29 de outubro e 14 de novembro, acontecerá neste fim de semana. A jogadora da seleção brasileira realizará uma artroscopia no joelho direito no sábado que determinará a gravidade da sua lesão.

continua após publicidade

Mari sofreu um entorse no joelho direito no dia 26 de agosto, durante a partida contra a Polônia, válida pela fase final do Grand Prix. A artroscopia em Mari servirá para reparar a lesão no menisco, além de identificar se a ruptura do ligamento cruzado anterior foi total ou parcial. Se o rompimento tiver sido total, Mari não disputará o Mundial e só voltará a jogar em 2011.

continua após publicidade

"Pela ressonância, parece que sobraram algumas fibras da área lesionada. Mari fará a artroscopia no sábado. Na cirurgia, ficaremos sabendo se o que sobrou do cruzado será suficiente para manter a estabilidade do joelho. Se for, ela volta à ativa em 30 dias. Se não for suficiente, o ligamento terá de ser reconstruído e Mari ficará seis meses parada", afirmou Júlio Nardelli, médico da seleção brasileira feminina.

Mari não é a única preocupação do técnico José Roberto Guimarães para o Mundial de Vôlei. A ponteira Paula Pequeno também se contundiu durante a fase final do Grand Prix e recebeu do médico um prazo de um mês para se recuperar da fratura no tornozelo e ter condições de atuar no Japão.