Mais lidas
Esportes

'Craques' viram destaque negativo, e Botafogo liga sinal de alerta

.

RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) - Após um grande Campeonato Brasileiro, Camilo ganhou muita moral com a torcida e um espaço cativo no meio de campo do Botafogo. O time se reforçou ainda mais com a chegada de Montillo e esperava-se um aumento de qualidade. Os 'craques', porém, não deslancharam em 2017 e viram motivo de preocupação no time alvinegro.

O caso mais grave é o de Montillo. O jogador tem sofrido com lesões. Ele parou dois longos períodos e vinha voltando aos poucos ao time. Na última segunda-feira (26), porém, o argentino retomou a titularidade e acabou sentindo nova lesão na panturrilha.

Diante do Avaí, ele saiu de campo aos sete minutos do primeiro tempo completamente desolado. Tirou a camisa e os aparelhos de medição antes mesmo de descer as escadas. Informações dão conta que o argentino sequer falava com os companheiros no intervalo, tamanha decepção.

"Fico muito triste pelo Montillo. O Botafogo passa uma realidade financeira muito difícil, e ele foi nosso maior investimento. Grande homem, grande jogador, super profissional, mas infelizmente as lesões têm atrapalhado. A gente vê o sofrimento dele. Fico muito triste pelo ser humano. Cara de grupo, fantástico. A gente vê a agonia, a situação de um cara que quer ajudar. Estamos em um dos momentos mais importantes do ano. Nosso grupo é enxuto. O momento é de tristeza", lamentou Jair.

Camilo também teve algumas lesões na temporada, mas tem tido constância muito maior que o companheiro. O problema do camisa 10 é que ele não consegue repetir o mesmo desempenho da última temporada, quando foi considerado um dos grandes destaques da equipe.

Na última segunda, ele voltou ao time titular após um problema no pescoço. O camisa 10, porém, não agradou a torcida e foi vaiado quando tocava na bola até ser substituído. Neste momento, houve uma divisão: vaias e aplausos.

"Fico triste. Completei um ano no clube.Estava fora há seis jogos. É sacudir a poeira. Amanhã é um novo dia. Avisamos que não seria um jogo fácil. Não podemos abaixar a cabeça. Temos Copa do Brasil e Libertadores pela frente", afirmou o camisa 10 do botafogo.

Com a derrota, o Botafogo permanece com 15 pontos e perde a oportunidade de subir para 3º e caiu para a 7ª posição do Campeonato Brasileiro. O time alvinegro volta a campo na quinta-feira (29), quando medirá forças com o Atlético-MG pelas quartas de final da Copa do Brasil.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber