Facebook Img Logo
Mais lidas
Esportes

Ponte bate Cruzeiro por vantagem mínima em jogo sem grandes emoções

.

BELO HORIZONTE, MG (UOL/FOLHAPRESS) - Colados na tabela antes de a rodada começar, Ponte Preta e Cruzeiro se enfrentaram nesta noite de quinta-feira (22) no Moisés Lucarelli, em Campinas. Mesmo sem ter feito um jogo para encher os olhos, a Ponte alcançou a vantagem mínima e triunfou por 1 a 0.

O único gol da partida foi marcado por Lucca, de pênalti. Este foi o sexto gol do atacante neste Brasileirão e seu 14º na temporada. O resultado deixou os ponte-pretanos com 14 pontos, agora bem próximo do G-6, enquanto o clube celeste permanece com 11, no meio da tabela.

O treinador interino Sidnei Lobo, que ocupou o lugar do suspenso Mano Menezes, precisou escalar o Cruzeiro praticamente com seus atletas suplentes. A comissão técnica tentou evitar a perda de jogadores importantes por causa de lesões. Além de Diogo Barbosa e Ariel Cabral, que sequer viajaram, o treinador ainda deixou Thiago Neves, Alisson, Robinho e Ezequiel no banco.

A primeira parte do jogo foi entendiante para os torcedores —as equipes se movimentaram pouco e erraram muitos passes.

A Ponte ficou mais com a bola e buscou os lados para atacar, mas não teve o controle e abusou dos cruzamentos errados.

Ineficiente, o Cruzeiro também não produziu e sequer deu um chute à meta de Aranha.

A única finalização em direção ao gol durante a etapa inicial saiu aos 36min. Após o pênalti de Lennon em cima de Lucca, o atacante ponte-pretano bateu e converteu em gol.

Sem produzir no primeiro tempo, Sidnei Lobo promoveu Sóbis e Sassá em campo, o que fez o Cruzeiro ao menos arriscar mais.

Porém, os problemas na criação das jogadas continuaram e, sem um meio organizador de qualidade, o Cruzeiro não conseguiu controlar a partida. Coube a Ponte manter a vantagem e garantir os três pontos.

PONTE PRETA

Aranha, Nino Paraíba, Marllon, Rodrigo e João Lucas; Fernando Bob, Elton e Renato Cajá (Léo Artur); Claudinho (Jadson), Lucca (Lins) e Emerson Sheik. Técnico: Gilson Kleina

CRUZEIRO

Fábio; Lennon (Lucas Romero), Kunty Caicedo, Murilo e Bryan; Hudson e Lucas Silva; Rafinha, Elber, Rafael Marques (Sassá); Ramón Ábila (Rafael Sóbis). Técnico: Sidnei Lobo

Estádio: Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)

Juiz: Wagner do Nascimento Magalhaes (RJ/Fifa)

Cartões amarelos: Fernando Bob (PON); Lennon, Caicedo (CRU)

Gol: Lucca (PON), aos 36min do primeiro tempo

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Esportes

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber