Mais lidas
Esportes

Warriors rebatem rumor de que time se negou a encontrar Trump na Casa Branca

.

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O Golden State Warriors reagiu aos rumores de que a equipe tenha se recusado a encontrar o presidente norte-americano Donald Trump após a conquista do título da NBA na segunda-feira (13).

Em um comunicado enviado à revista “Sports Illustrated”, a franquia afirmou que sequer foi convidada para comparecer à Casa Branca. “Hoje é dia de celebrar nossa conquista. Não recebemos convite para a Casa Branca, mas tomaremos essas decisões quando e se necessário”, diz o texto.

A manifestação da equipe foi feita após a notícia de que os campeões da NBA tinham decidido de forma unânime que iriam rejeitar a visita à Casa Branca. A história repercutiu nas redes sociais, mas não foi confirmada.

De qualquer forma, o esvaziamento às visitas ao atual presidente americano parece uma tendência iniciada pelo New England Patriots, campeão do último Super Bowl.

No encontro com Trump, uma parte significativa do time campeão da NFL se ausentou, embora nem todos por motivos políticos —Tom Brady, estrela do time, justificou a “falta” questões familiares.

Quanto aos Warriors, há um retrospecto recente de críticas públicas do técnico Steve Kerr a Donald Trump. O treinador já questionou a capacidade de liderança do político e falou que ele é “incapacitado” para o emprego que tem.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber