Esportes

Desfalcado, Botafogo recebe o embalado Coritiba

.

PAULO BATISTELLA

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Botafogo e Coritiba medem forças neste domingo (11), a partir das 11h, no Engenhão, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. As duas equipes vêm de duelos com paulistas: o time alvinegro perdeu para o Santos, enquanto os paranaenses bateram o atual campeão Palmeiras.

O Coritiba, aliás, vive uma sequência de vitórias. Nas cinco partidas disputadas na competição, foram quatro triunfos e uma derrota. O único revés foi contra os mesmos santistas que venceram o Botafogo.

Ainda que o bom desempenho renda empolgação da torcida coritibana, o técnico Pachequinho prefere manter os pés no chão. “É natural a empolgação do torcedor em ver a sua equipe iniciar bem uma competição tão difícil. Mas euforia é para a torcida. Para nós é mais um resultado importante, são mais três pontos. Já temos que pensar no próximo adversário, não tem que existir euforia”, ponderou o treinador após a última vitória.

A fase atual é motivo de alegria ao Coritiba, mas de alerta ao Botafogo. O meia botafoguense Montillo destacou o momento do adversário e pediu atenção à sua equipe. “Talvez pode ser uma surpresa, ninguém colocava o Coritiba ou Chapecoense na parte de cima da tabela. Não por falta de merecimento, mas por não estarem entre os favoritos. O campeonato está começando agora, e temos que abrir os olhos para não deixarmos escapar mais três pontos”, avaliou o atleta.

Além de Montillo, recém-recuperado de lesão, o técnico Jair Ventura poderá contar com o volante Bruno Silva, liberado após cumprir suspensão. Ainda assim, o Botafogo segue com uma extensa lista de desfalques, todos no departamento médico: o meia Camilo, o zagueiro Emerson Silva, o lateral-esquerdo Victor Luis, os volantes Airton e Bochecha, os atacantes Guilherme e Vinícius Tanque, além dos laterais-direito Luis Ricardo, Jonas e Marcinho.

Já o Coritiba terá um importante desfalque: o volante Matheus Galdezani, autor do gol na última vitória, que cumpre suspensão por acumular três cartões amarelos. Em compensação, a equipe terá a disposição o atacante Alecsandro, que não pôde ser relacionado contra o Palmeiras por pertencer ao clube paulista.

BOTAFOGO

Gatito; Arnaldo, Joel Carli, Igor Rabello e Gilson; Rodrigo Lindoso, Bruno Silva, João Paulo e Montillo; Rodrigo Pimpão e Roger. Técnico: Jair Ventura

CORITIBA

Wilson; Dodô, Werley, Márcio e William Matheus; Alan Santos, Jonas e Tiago Real; Rildo, Henrique Almeida e Kleber. Técnico: Pachequinho

Estádio: Engenhão, no Rio

Juiz: Flavio Rodrigues de Souza (SP)

Horário: 11h de domingo