Mais lidas
Esportes

Sauditas boicotam homenagem, mas Federação nega intenção de ofender

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Federação de Futebol da Arábia Saudita divulgou comunicado nesta sexta (9) explicando a atitude dos jogadores da seleção. Antes da partida contra a Austrália, pelas eliminatórias asiáticas para a Copa do Mundo, na quinta (8), os atletas se recusaram a participar do minuto de silêncio em homenagem ás vítimas do atentado terrorista em Londres, no último domingo (4), que matou seis pessoas.

Enquanto os australianos ficaram perfilados no meio de campo, os sauditas tomaram posição no gramado, esperando o apito inicial.

De acordo com o texto da Federação, não houve a intenção de ofender a memória das vítimas do atentado, mas não apresentou justificativa para para a seleção não ter aceitado se juntar à homenagem.

"Os jogadores não tiveram intenção de desrespeitar a memória das vítimas e nem chatear suas famílias, amigos ou qualquer indivíduo afetado pela atrocidade. A futebol da Arábia Saudita condena todos os atos de de terrorismo e extremismo e envia suas sinceras condolências para as famílias de todas as vítimas e para o governo e o povo do Reino Unido", disse a nota.

Após a partida, dirigentes da Federação Australiana afirmaram que os sauditas haviam concordado com o minuto de silêncio, mas depois alegaram que aquilo não fazia parte da cultura do país.

A Austrália venceu por 3 a 2 e chegou aos 16 pontos no Grupo B das eliminatórias. Empatou com Japão e Arábia Saudita na liderança, mas os japoneses estão com um jogo a menos. Os dois primeiros colocados se classificam para a Copa do Mundo da Rússia. O terceiro vai para a repescagem.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber