Mais lidas
Esportes

Maicosuel admite que não vivia bom momento e se coloca à disposição de Ceni

.

JOSÉ EDUARDO MARTINS

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Maicosuel foi apresentado oficialmente como jogador do São Paulo nesta quarta-feira (7). O meia atacante assinou contrato de três temporadas e já espera entrar em campo nesta quinta (8), no Morumbi, contra o Vitória, Dono da camisa 7, ele aguarda a liberação de sua documentação para poder ser utilizado pelo treinador Rogério Ceni.

"Estou aqui e pronto para jogar. Não sei se a burocracia vai dar tempo. Quero ir para o jogo amanhã [quinta] contra o Vitória, o Rogério pode contar comigo", afirmou o jogador, que estava no Atlético-MG. "Todo jogador quer procurar seu espaço e eu não sou diferente. Tive alguns empecilhos no Atlético-MG, rodagem de elenco, lesões. Vim respirar novos ares. Não que eu não era alegre lá, mas quero recuperar alegria aqui", completou o jogador.

No São Paulo, ele vai receber o mesmo salário de quando defendia o Atlético-MG, na casa dos R$ 300 mil. O clube vai desembolsar cerca de 1 milhão de euros (R$ 3,7 milhões). Esta não foi a primeira vez que o São Paulo mostrou interesse em contar com Maicosuel. Quando o clube contratou Pratto, no início do ano, chegou a falar com o Atlético sobre essa possibilidade, mas o negócio não seguiu adiante.

Experiente, Maicosuel, de 30 anos, está no Atlético-MG desde 2014 e disputou apenas 80 partidas pelo clube. Nesta temporada, ele entrou em campo em 18 jogos -sendo apenas seis como titular. O clube mineiro pretende reduzir a sua folha salarial e não fez muito esforço para mantê-lo no time. O Atlético-MG tentou, inclusive, envolvê-lo na negociação com o Internacional pelo meia Valdivia, sem sucesso.

"A minha autocrítica é muito forte. Sei que não venho jogando o que posso. Dou meu melhor, amas, às vezes, as coisas não acontecem. Mas tenho de provar, principalmente, para mim. Sei das pessoas que acreditam em mim. Se as coisas acontecerem naturalmente, dará tudo muito certo", disse o jogador.

Já o São Paulo tem a intenção de reforçar o seu elenco após a saída de Luiz Araújo para o Lille, da França, que deve ser oficializada em breve. O atacante foi liberado do treino de terça-feira (6) para assinar a sua transferência. Os franceses vão desembolsar 10,5 milhões de euros, sendo que o São Paulo terá direito a 8 milhões de euros e o restante ficará com o Mirassol, que revelou o atleta.

"Pode ser, pela cabeça do torcedor [que seja o substituto de Luiz Araújo]. Mas, na minha, não. Não venho com esse status. Venho para ajudar o São Paulo. Não exatamente para substituir o Luiz, que é um grande jogador. É complicado falar assim. Quero fazer a minha história, ficar marcado aqui", disse o jogador, que vai ter o seu apelido "Maico" estampado na camisa.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber