Mais lidas
Esportes

Mano diz que acertou ao atrapalhar lateral e vê clima hostil para domingo

.

BELO HORIZONTE, MG (UOL/FOLHAPRESS) - Antes mesmo de toda a confusão no final do jogo, a partida entre Chapecoense e Cruzeiro, que terminou com o empate sem gols e a classificação celeste para as quartas de final da Copa do Brasil, contou com alguns lances curiosos dentro de campo. Um deles aconteceu no segundo tempo. Quando o lateral esquerdo Reinaldo tentou arremessar a bola para dentro da área, o técnico Mano Menezes acabou trombando com o jogador, atrapalhando a cobrança do lateral. Então, o jogador da Chapecoense recuou mais uns passos e fez a nova tentativa.

Questionado sobre o assunto, o treinador do Cruzeiro alegou que ficou dentro da sua área técnica, mas admitiu que foi de encontro ao jogador da Chape de propósito para atrapalhá-lo. "Não, não foi sem querer não. Eu estava na minha área técnica e fiquei na linha para atrapalhá-lo um pouquinho. E tenho o direito de fazer", comentou.

Além de contar com jogadores de boa estatura e explorar a bola aérea com Luiz Otávio e Victor Ramos, a Chapecoense ainda tinha em Reinaldo esse artifício para tentar encontrar seus atletas mais altos dentro da área a partir de um arremesso de lateral. Em Minas Gerais, a jogada é bastante conhecida pela torcida do Atlético-MG e utilizada com frequência pelo também lateral Marcos Rocha.

Mano ainda foi questionado sobre a possibilidade da partida em Chapecó ter criado um clima de animosidade entre os clubes, que voltam a se enfrentar neste domingo, agora pelo Campeonato Brasileiro. Segundo o treinador, a proximidade com o próximo confronto contribui para que até as mais simples rixas não sejam esquecidas entre as partes.

"Independentemente do que aconteceria no final, você leva algumas coisas de um jogo para o outro. A disputa dos 90 minutos já levaria alguns fatos para domingo, porque os jogos são muito próximos. Mas vamos saber entender que o aconteceu já ficou para trás, agora é outro campeonato e o Cruzeiro vai buscar jogar futebol, que é o que ele sempre fez em qualquer lugar", afirmou o treinador.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber