Mais lidas
Esportes

ATUALIZADA - Corinthians vence fora de casa e assume liderança

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Corinthians não encantou novamente, mas fez o suficiente para conquistar mais três pontos fora de casa e assumir a ponta do Brasileiro.

O time chegou à liderança com a vitória sobre o Atlético-GO por 1 a 0, neste domingo (28), no Estádio Serra Dourada, em Goiânia.

O resultado deixou o Corinthians com sete pontos -igual ao Cruzeiro, que leva desvantagem no sexto critério de desempate, o número de cartões amarelos. Os paulistas levaram três, enquanto o rival recebeu seis.

Para seguir líder, a equipe treinada por Fábio Carille depende da Chapecoense, que fecha a terceira rodada do Brasileiro nesta segunda (29), contra o Avaí, às 20h.

Os catarinenses só assumem a ponta do torneio caso vençam por dois ou mais gols de diferença. Desta forma, empatam em pontos com o Corinthians, mas levam vantagem no saldo de gols.

Com o triunfo, o time também manteve o ótimo aproveitamento na temporada como visitante, de 72,9%. Em 16 partidas, são dez vitórias, cinco empates e uma derrota.

Para conquistar mais uma vitória fora de seus domínios a equipe dirigida por Carille manteve o seu estilo de jogo.

O rival teve mais a posse, mas exigiu pouco do goleiro Cássio. Aliás, a única grande defesa do camisa 12 no confronto foi em uma cabeçada de Júnior Viçosa nos acréscimos da etapa complementar.

Já o Corinthians se fechava em duas linhas de quatro compactadas e saía com velocidade para o ataque, principalmente, pelo lado esquerdo do campo. Na etapa inicial, criou duas chances. Na primeira, Jô parou em Felipe. Na outra, após tabela entre Arana e Romero, o lateral enfiou para Rodriguinho bater e abrir o placar.

O meia é o artilheiro do time em 2017 ao lado do atacante Jô -nove gols cada.

"A gente ganha bastante de 1 a 0, mas soma pontos da mesma forma que goleada. É campeonato de pontos corridos, toda vitória é importante. Essa vitória vale como se fosse um clássico", disse Rodriguinho após a partida.

No segundo tempo, o time alvinegro controlou e criou ótima oportunidade com Clayson, ex-Ponte Preta, que fez sua estreia. O meia avançou livre, mas chutou para boa defesa do goleiro rival.

"De nove pontos ganhamos sete pontos. Vamos brigar por coisas grandes, por objetivos grandes, vaga na Libertadores. Temos de chegar nas últimas oito ou dez rodadas lá em cima para não se distanciar", completou Carille, que elogiou mais uma vez a postura de Romero.

AGORA NO ITAQUERÃO

O Corinthians terá a chance de se consolidar entre os primeiros colocados na competição no próximo sábado (3), quando recebe o Santos no Itaquerão. A equipe, porém, terá que superar o desempenho em casa, que é de 66%. Dos últimos cinco jogos no local, venceu apenas um.

Carille terá uma semana para trabalhar a equipe para quebrar essa sequência. Ele também poderá contar com sua formação titular, com exceção, do zagueiro Balbuena, que está machucado. Pedro Henrique, titular contra o Atlético-GO, será mantido.

Por outro lado, o clube tem um bom retrospecto em clássicos nesta temporada. São três vitórias (contra Palmeiras, Santos e São Paulo) e dois empates (diante do próprio time do Morumbi).

ATLÉTICO-GO

Felipe; Eduardo (André Castro), Ricardo Silva, Roger Carvalho e Bruno Pacheco; Marcão, Igor, Jorginho e Luiz Fernando (Andrigo); Everaldo (Júnior Viçosa) e Walter. Técnico: Marcelo Cabo

CORINTHIANS

Cássio; Fagner, Pedro Henrique, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel e Maycon; Jadson (Clayson), Rodriguinho e Romero (Clayton); Jô (Kazim). Técnico: Fábio Carille

Estádio: Serra Dourada, em Goiânia (GO)

Juiz: Paulo H Schleich Vollkopf (MS)

Cartões amarelos: Eduardo (Atlético-GO)

Gol: Rodriguinho (Corinthians, aos 26min do primeiro tempo

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber