Mais lidas
Esportes

Atlético-MG sofre novo apagão em casa e apenas empata com a Ponte Preta

.

VICTOR MARTINS

BELO HORIZONTE, MG (UOL/FOLHAPRESS) - Para quem é apontado como um dos candidatos ao título do Campeonato Brasileiro, começar a competição com apenas dois pontos em nove disputados é muito pouco. É a situação do Atlético-MG, que após dois jogos consecutivos no Independência conquistou apenas um ponto. Neste domingo (28), o time atleticano empatou em 2 a 2 com a Ponte Preta.

Assim como havia acontecido na derrota para o Fluminense, quando tomou dois gols em três minutos, contra a Ponte não foi diferente. Sendo que neste domingo o Atlético até saiu na frente, com Robinho, mas em dois minutos Lucca virou o marcador para a equipe de Campinas. No fim, já completamente desorganizado, o Atlético empatou com Rafael Moura.

Claramente a Ponte Preta foi ao Independência para não ser derrotada. A equipe de Campinas defendia com uma linha de cinco jogadores na entrada da área, tirando os espaços e dificultando a troca de passes do Atlético no campo ofensivo. Paciente, o time comando por Roger Machado soube esperar a primeira vez que teve espaço para abrir o placar. Em um contra-ataque que começou num escanteio batido pela Ponte Preta, quatro jogadores do Atlético-MG participaram da jogada que terminou com o gol de Robinho, com sete toques da bola apenas.

Se no primeiro tempo o time da casa mostrou muita tranquilidade para buscar o resultado, na etapa final o Atlético-MG se desorganizou completamente após os dois gols da Ponte Preta. A troca de passes em busca de espaço deu lugar ao chuveirinho. Já sem Cazares, que deu lugar a Rafael Moura, o Galo mudou completamente a forma de jogar.

O Atlético-MG volta a campo pelo Campeonato Brasileiro no domingo (4), às 16h, em SP, contra o Palmeiras. Já a Ponte-Preta, pega o São Paulo, no mesmo dia, às 16h, no Moisés Lucarelli, ambas as equipes pela quarta rodada do campeonato.

ATLÉTICO-MG

Victor, Marcos Rocha, Felipe Santana, Gabriel e Fábio Santos; Rafael Carioca, Adilson (Maicosuel, aos 7 do 2º), Elias e Cazares (Rafael Moura, aos 13 do 2º); Robinho (Otero, aos 29 do 2º) e Fred.

T.: Roger Machado.

PONTE PRETA

Aranha, Nino Paraíba, Marllon, Kadu e João Lucas; Naldo, Elton, Wendel (Rodrigo, aos 30 do 2º) e Ravanelli (Léo Artur, no intervalo); Lucca e Lins (Claudinho, aos 30 do 2º).

T.: Gilson Kleina. Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)

Assistentes: Rodrigo Henrique Corrêa (RJ) e Thiago Henrique Farinha (RJ)

Público/Renda: 19.553 presentes/R$ 485.735,00

Cartões amarelos: Fábio Santos e Otero (CAM) Nino Paraíba e Kadu (PON)

Gols: Robinho (CAM), aos 35 minutos do primeiro tempo; Lucca (PON), aos 3 e aos 4 minutos do segundo tempo, e Rafael Moura (CAM), aos 34 minutos do segundo tempo

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber