Mais lidas
Esportes

Dirigentes da Argentina chegam à Espanha para liberar Sampaoli para seleção

.

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Ainda sem técnico, os dirigentes da seleção da Argentina seguem em busca de Jorge Sampaoli. Os representantes da AFA (Associação Argentina de Futebol) chegaram à Espanha nesta quinta-feira (25) para fechar o acordo com o treinador e o Sevilla.

Atualmente no Sevilla, Jorge Sampaoli é o mais cotado para assumir o cargo vago de treinador da seleção argentina -e, mesmo sem contrato, já estaria opinando nas convocações da equipe, admite o secretário-geral da AFA.

"Temos que terminar a papelada e ver cláusulas. Terminando tudo isso, nós certamente iremos fazer a apresentação. Tem que ter cuidado para conduzir a negociação", disse o presidente da AFA, Claudio Tapia.

O empecilho para a AFA na negociação tem sido o presidente do Sevilla, José Castro, que exige pagamento para liberar o treinador. Víctor Blanco disse contar com o bom relacionamento do mandatário do time espanhol com Daniel Angelici, vice-presidente da AFA, para avançar nas conversas.

A ideia da AFA é anunciar Sampaoli como novo técnico da Argentina no dia 1º de junho. E a primeira partida dele como comandante seria justamente contra o Brasil, noo dia 9 do mesmo mês, em amistoso em Melbourne, na Austrália.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber