Mais lidas
Esportes

Um ano antes do acerto, Valdívia já via Atlético-MG como o maior de Minas

.

VICTOR MARTINS

BELO HORIZONTE, MG (UOL/FOLHAPRESS) - Uma lesão no ligamento cruzado do joelho esquerdo, em novembro de 2015, tirou Valdívia dos gramados por alguns meses. O meia voltou a jogar pelo Internacional apenas no segundo semestre de 2016. Durante o período de recuperação, em abril do ano passado, o jogador concedeu uma entrevista em que apontou o Atlético-MG como o maior clube de Minas Gerais.

Naquele momento, ainda em alta com a torcida e considerado um dos melhores jogadores do Internacional, a troca pelo clube gaúcho por outra equipe brasileira era algo fora de questão. A declaração de Valdívia foi para o canal do Youtube "Desimpedidos", e ocorreu ao ser perguntado sobre quais os maiores clubes de cada Estado.

As repostas de Valdívia foram Internacional, São Paulo, Flamengo e Atlético-MG. Aliás, o clube mineiro também foi citado pelo jogador em outro momento da entrevista, que teve 17 minutos de duração. Ao ser questionado sobre os clubes brasileiros que disputavam a Libertadores do ano passado, Valdívia apontou o Atlético como um dos candidatos ao título.

"Acho o time do Galo embaçado. É difícil jogar contra o Galo. É um time que marca bem, que tem jogadores de potencial na frente. Acho que o Galo tem como chegar", declarou o jogador, que agora, na edição de 2017, vai ajudar ao Atlético na busca pelo bicampeonato na principal competição da América do Sul.

Em 2015, também na Libertadores, Valdívia foi o destaque do Internacional nos dois jogos com o Atlético pelas oitavas de final. O meia marcou gols nas duas partidas, no Independência e no Beira-Rio. Inclusive, o gol na partida de volta, em Porto Alegre, é considerado pelo jogador como um dos mais bonitos de sua carreira. Na ocasião, ele encobriu Victor para marcar o primeiro gol do triunfo do Internacional por 3 a 1.

Agora jogador do Atlético, Valdívia tenta reerguer a carreira. Desde a cirurgia no joelho esquerdo o meia não conseguiu jogar no mesmo nível que apresentava antes da lesão. O atleta já está em Belo Horizonte para fazer os exames médicos e assinar contrato. Embora não possa atuar pela Copa do Brasil, ele está apto para o Campeonato Brasileiro e a Libertadores, já que o Atlético vai poder fazer três alterações na lista dos 30 inscritos para a disputada da fase de grupos.

A chegada do jogador a Belo Horizonte foi confirmada pelo Atlético durante a derrota para o Paraná Clube, na Copa do Brasil, por 3 a 2. Enquanto o time jogava em Curitiba, no Estádio Couto Pereira, o clube informou via Twitter a chegada do reforço.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber