Mais lidas
Esportes

Edílson herda suspensão na Copa do Brasil e segue fora no Grêmio

.

JEREMIAS WERNEK

PORTO ALEGRE, RS (FOLHAPRESS) - Edílson vai seguir fora do time do Grêmio. Desfalque na estreia do Brasileiro, o lateral direito também não atuará contra o Fluminense nesta quarta-feira (17), pela Copa do Brasil.

Edílson foi punido pelo STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) com cinco jogos por um lance ocorrido no Gre-Nal em 23 de outubro do ano passado, pela 32ª rodada do Brasileirão. Após falta de Kannemann em Valdívia, o argentino segurou a bola e irritou Vitinho. Um amontoado de atletas se formou, e Edílson deu um soco em Rodrigo Dourado. O lateral foi expulso e o volante também.

O gremista cumpriu três jogos, e o Grêmio entrou com efeito suspensivo para utilizar o jogador. O Pleno do Tribunal, contudo, reviu a decisão e reativou o gancho.

Como as competições organizadas pela CBF só voltaram agora, em maio, a suspensão foi herdada apenas na abertura do Brasileirão e na estreia do clube na Copa do Brasil. O cenário está previsto no CBJD (Código Brasileiro de Justiça Desportiva), em seu artigo 171. Além disso, consta no Regulamento Geral de Competições da CBF.

KANNEMANN

Walter Kannemann está liberado para atuar. O zagueiro foi expulso após o apito final da finalíssima da última Copa do Brasil, mas absolvido em sessão da Quinta Comissão Disciplinar do STJD, ainda no ano passado.

A suspensão automática foi extinta pelo fim da competição, conforme versa o artigo 47, em seu parágrafo terceiro, no Regulamento Geral de Competições da CBF.

O confronto do Grêmio com Fluminense terá início às 21h45, em Porto Alegre. O jogo da volta das oitavas acontece no Rio de Janeiro, em 31 de maio.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber