Esportes

Após atuação ruim, Cruzeiro é eliminado nos pênaltis na Sul-Americana

.

BELO HORIZONTE, MG (UOL/FOLHAPRESS) - O Cruzeiro foi eliminado pelo Nacional (PAR) da Copa Sul-Americana, na primeira fase, nesta quarta-feira (10). O time paraguaio despachou o adversário nos pênaltis após vencer por 2 a 1 no tempo normal — placar similar ao da vitória cruzeirense no jogo de ida.

O time celeste jogava pelo empate no Defensores Del Chaco. Thiago Neves abriu o placar para o Cruzeiro aos 11min do primeiro tempo.

Naquele momento, a situação parecia definida. Contudo, cinco minutos depois, Mayke falhou ao tentar dominar uma bola dentro da área, e Villagra aproveitou para empatar a partida.

Se o primeiro gol do Nacional saiu em falha individual da equipe mineira, o segundo não foi diferente.

Aos 17min do segundo tempo, o zagueiro Caicedo errou o passe na saída de bola. Nuñez aproveitou a falha e cruzou para Adam Bareiro, que subiu sozinho para cabecear e virar a partida.

Não bastasse as falhas de dois defensores, que originaram os gols dos Nacional, o zagueiro Léo foi expulso aos 35 min da etapa final. Após errar o tempo de bola em um lançamento do adversário, ele fez falta em Bareiro.

Já nas penalidades, o Nacional marcou três vezes e perdeu duas. Enquanto o Cruzeiro fez apenas dois gols; Alisson, Fabrício e Arrascaeta perderam.

Após dois clássicos em que foi pior do que o Atlético-MG, na decisão do Campeonato Mineiro, a equipe de Mano Menezes não conseguiu reagir. Se o começo de ano foi animador, o Cruzeiro passar por um momento de preocupação, logo na semana de estreia do Campeonato Brasileiro.

NACIONAL

Santiago Rojas, Dávalos, Jacquet, Miranda e Rojo; Santana (Rodríguez), Paniagua, Villagra e Garcia (José Nuñéz); Salgueiro e Adam Bareiro. Treinador: Roberto Torres

CRUZEIRO

Rafael, Mayke, Léo, Caicedo e Diego Barbosa (Fabrício); Hudson, Henrique, Rafinha e Thiago Neves (Alisson); Arrascaeta e Ábila (Dedé). Treinador: Mano Menezes

Estádio: Defensores Del Chaco, em Assunção, no Paraguai

Juiz: Gustavo Murillo (COL)

Cartões amarelos: Adam Bareiro, Paniagua, Santana e Rojo (NAC); Mayke, Caicedo, Thiago Neves, Lucas Romero e Rafinha (CRU)

Cartão vermelho: Léo (CRU)

Gols: Thiago Neves (CRU) aos 11min e Villagra (NAC) aos 16min do primeiro tempo; Adam Bareiro (NAC) aos 17min do segundo tempo

Pênaltis: Salgueiro e Rodríguez perderam, e Rojas, Miranda e Dávalos marcaram (NAC); Alisson, Fabrício e Arrascaeta perderam, e Henrique e Hudson marcaram (CRU)