Esportes

Após rescindir com o Vasco, zagueiro Rodrigo acerta retorno à Ponte Preta

.

BRUNO BRAZ E MARCELLO DE VICO

RIO DE JANEIRO, RJ, E SANTOS, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Após alguns desencontros de intenções, Vasco e Rodrigo, enfim, chegaram a um acordo para a rescisão amigável. O defensor de 36 anos atuará agora pela Ponte Preta, clube que o revelou para o futebol.

A contratação foi oficializada pela Ponte nesta terça-feira (9). O atleta é aguardado nesta quarta (10) no Moisés Lucarelli, onde passará por exames e, sendo aprovado, integrará o elenco.

Na primeira reunião para tratar do assunto com o time cruzmaltino, Rodrigo ressaltou que não abriria mão do que acreditava ter por direito em contrato. Em seguida, o defensor deixou o caso nas mãos de seu advogado e não se reapresentou mesmo após o fim da licença oficial dada pelo clube.

Posteriormente, as tratativas avançaram e as partes conseguiram chegar a um acorda. Houve um desejo pessoal do presidente Eurico Miranda em resolver a questão cordialmente, uma vez que o dirigente interpreta que o defensor prestou serviços consideráveis.

Na Ponte, Rodrigo conseguirá realizar o desejo de voltar para o clube que o projetou — após 14 anos — e poderá estar mais próximo de sua família, onde resolve problemas particulares.

Pelo Vasco, o zagueiro foi capitão, bicampeão carioca, disputou 173 jogos, fez 19 gols, foi rebaixado em 2015 no Campeonato Brasileiro e ficou muito marcado pelos embates e provocações aos rivais Flamengo e Fluminense.

Rodrigo utilizou sua conta no Instagram para se despedir do Vasco e da torcida. Na postagem, disse ter "aprendido a amar e a respeitar esse clube, que certamente se tornou um marco na minha carreira".