Esportes

Di Grassi aprova desempenho, mas critica Kovalainen

Da Redação ·

O brasileiro Lucas di Grassi aprovou o seu desempenho no GP da Bélgica, realizado nesta domingo no circuito de Spa-Francorchamps, mas não deixou de criticar o comportamento dos outros pilotos. O piloto da Virgin, que completou a prova na 17ª colocação, disse que foi ultrapassado ilegalmente pelo finlandês finlandês Heikki Kovalainen, da Lotus.

continua após publicidade

"O Heikki cortou a chicane para me passar a cinco voltas do final, exatamente da mesma maneira que o [Jaime] Alguersuari fez em cima do [Vitantonio] Liuzzi", narrou. "A diferença é que o Alguersuari foi punido com 20 segundos em seu tempo de prova pelos comissários, e nada foi feito a respeito do Kovalainen", comparou Di Grassi, pedindo uma punição para o piloto finlandês. No treino de classificação, o brasileiro já havia sido atrapalhado por Jarno Trulli, que bateu no seu carro.

continua após publicidade

Di Grassi afirmou que o GP da Bélgica foi desafiante por conta das constantes mudanças nas condições da pista. "A corrida foi muito boa, porém muito difícil", disse o brasileiro. "A pista estava meio seca, meio molhada, e isso variava muito. E como o circuito é muito grande [tem 7.004 metros de extensão], eu passava em uma curva que estava seca, e na volta seguinte ela estava encharcada. Então era necessário ter muito cuidado, concentração e precisão", completou.