Esportes

Santos vence o Santa Fe e fica perto da classificação na Libertadores

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Santos não conseguiu reeditar o futebol apresentado do no ano passado, mas deu um grande passo para obter a classificação para as oitavas de final da Copa Libertadores. Nesta quinta-feira (4), a equipe venceu o Santa Fe por 3 a 2, no Pacaembu, pela quarta rodada do Grupo 2 do torneio sul-americano.

Com o triunfo, o time de Dorival Júnior chegou a oito pontos e pode atingir o seu objetivo com um empate no próximo dia 17, quando enfrenta o The Strongest, na altitude de 3.600 m de La Paz, na Bolívia. Em caso de derrota, o clube terá uma nova oportunidade diante do peruano Sporting Crystal, no dia 23, em partida a princípio marcada para a Vila Belmiro.

O jogo, porém, pode ser transferido para o Pacaembu. Nesta quinta, 27 mil torcedores acompanharam a vitória sobre os colombianos. O Santos defende uma invencibilidade no local. Desde 2014, o time soma 19 vitórias consecutivas no estádio. Na Libertadores, são oito triunfos e um empate.

No duelo contra o Santa Fe, o treinador santista repetiu a mesma formação da vitória sobre o Paysandu no último dia 26. Assim, Matheus Ribeiro foi mantido na lateral esquerda e Vitor Bueno, criticado por torcedores, atuou aberto pela direita.

Com uma marcação avançada, o clube pressionou o rival. Aos 3 minutos, a defesa rival recuou uma saída de bola. Lucas Lima arrancou pela direita e cruzou para Ricardo Oliveira bater para o gol e encerrar um jejum de cinco partidas. Outro que encerrou um jejum foi Vitor Bueno. Ele recebeu de Lucas Lima e bateu cruzado.

A defesa santista, principalmente o lado esquerdo, deixou a desejar e falhou nos dois gols adversário. No primeiro, Jonathan Gómez recebeu e com espaço arriscou de fora da área. A bola explodiu no travessão e sobrou para Arango marcar. O outro saiu após uma cobrança de falta e cabeçada de Perlaza.

A vitória santista só foi garantida aos 33 min do segundo tempo, com gol do zagueiro Lucas Veríssimo, seu primeiro como profissional.

SANTOS

Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, David Braz e Matheus Ribeiro (Copete); Thiago Maia, Renato, Lucas Lima, Vitor Bueno (Vladimir Hernández) e Bruno Henrique; Ricardo Oliveira. Técnico: Dorival Júnior

SANTA FE

Leandro Castellanos; Roa, Héctor Urrego, José Moya e Mosquera; Sebástian Salazar, Perlaza, Leyvin Balanta (Plata) e Jonathan Gómez; Arango e Denis Stracqualrsi (Ceter). Técnico: Gustavo Costas

Estádio: Pacaembu, em São Paulo

Juiz: Andres Cunha (URU)

Cartões amarelos: Thiago Maia, Lucas Veríssimo (Santos); Roa e José Moya (Santa Fe)

Gols: Ricardo Oliveira (Santos) aos 4min, Arango (Santa Fe) aos 33 minutos, Vitor Bueno (Santos) aos 34min e Perlaza (Santa Fe) aos 40min do primeiro tempo; Lucas Veríssimo (Santos) aos 33min do segundo tempo