Esportes

Desfalcado, Vitória promete atacar o Corinthians

Da Redação ·

O empate do Vitória com o Guarani, no Barradão, na noite de quinta-feira, irritou a torcida, que chegou a vaiar o time em alguns momentos do jogo e no final da partida. Mas o técnico

continua após publicidade

Toninho Cecílio garante que confia no time e vai a São Paulo com o intuito de vencer o Corinthians, neste domingo, às 16 horas, no Pacaembu. "Time meu não é covarde, joga sempre para vencer", afirma.

continua após publicidade

A torcida confiava no triunfo para que a equipe baiana se aproximasse do G-4 do Campeonato Brasileiro. Se tivesse vencido, o Vitória teria chegado aos 23 pontos, a apenas 1 do quarto colocado, o Santos. Com o empate, ficou com 21 pontos, na 11ª posição.

Para o técnico Toninho Cecílio, é hora de seu time confirmar que também tem força fora de casa. No último confronto como visitante pelo Brasileiro, o Vitória bateu o Cruzeiro, outro favorito ao título, por 1 a 0, em Ipatinga. Para ele, a derrota do Palmeiras para o

continua após publicidade

Atlético-GO, em São Paulo, por 3 a 0, mostra que nenhum resultado é impossível. "É um campeonato muito equilibrado", justifica.

De acordo com Cecílio, a possível volta de Ronaldo ao Corinthians preocupa, mas não há planos de marcação especial sobre o atacante. A defesa, aliás, é o setor do time no qual Cecílio tem mais dúvidas.

continua após publicidade

Sem poder contar com os zagueiros Anderson Martins e Reniê, suspensos, o técnico ainda não definiu se promove a estreia de Thiago Martinelli, mais experiente, ou se volta a escalar o jovem Gabriel, que já jogou com os companheiros no campeonato. "Vou esperar a escalação do adversário para definir", avisou.

O treinador também faz mistério entre jogar com três volantes no meio - Vanderson, Bida e Ricardo Conceição, que volta de suspensão - ou escalar Henrique para fazer companhia a

Júnior no ataque e recuar Elkeson para o meio-de-campo.