Mais lidas
Esportes

ATUALIZADA - Messi faz gol no último minuto, e Barcelona vence Real Madrid por 3 a 2

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - No último lance do clássico deste domingo (23) contra o Real Madrid, no Santiago Bernabeu, Messi recebeu a bola na entrada da área adversária e chutou com categoria. Fechou o placar em 3 a 2 para os catalães, na partida pela 33ª rodada do Campeonato Espanhol.

Decidido no último minuto, aos 47, já que o juiz encerrou a partida na sequência do gol, o resultado recolocou o Barcelona na busca pelo título. Mas não foi fácil. O Real Madrid saiu na frente e, apesar de ter levado a virada após empate de 2 a 2, por pouco não saiu vencedor.

Casemiro abriu o placar para o time da casa, aos 30 min do primeiro tempo. Após cobrança de escanteio, a bola voltou para Marcelo, que a cruzou de novo na área do Barcelona. Sérgio Ramos recebeu e cabeceou na trave, e a bola então voltou para o brasileiro, que marcou.

Sem Neymar, suspenso, Messi liderou sozinho a reação do Barcelona logo na sequência. Recebeu um bom passe no meio de campo e passou com velocidade por toda a defesa madrilenha. Finalizou rasteiro e devolveu a igualdade no placar, já aos 34 min da etapa inicial.

Apesar da igualdade permanecer até o intervalo, ambas as equipes continuaram buscando o gol. Não fossem as atuações dos arqueiros Keylor Navas e Ter Stegen, o primeiro tempo do clássico poderia terminar com placar mais elástico.

Na volta do intervalo, chances claras para os dois times. Mas os goleiros continuaram fazendo a diferença. Eles espalmaram chutes de longa distância, seguraram cabeçadas e ainda tiveram momentos de líbero, cortando lançamentos e passes em profundidade.

Isso durou até os 27 min da etapa complementar. Rakitic pegou a bola da intermediária e chutou com muita força. A bola foi na forquilha, sem a mínima chance de Navas. O goleiro, que fazia grande atuação até aquele momento, apenas lamentou.

A derrota parecia certa para o Real quando Sérgio Ramos, após cometer dura falta em Messi foi expulso, aos 30 min.

Contra um Barcelona superior, o técnico Zinedine Zidane, da equipe de Madrid, substituiu Benzema e viu James Rodríguez, poucos minutos depois de entrar, fazer um gol que alterou a expectativa de uma derrota que já parecia certa àquela altura.

O atacante colombiano recebeu cruzamento de Marcelo e devolveu a igualdade no placar aos 41 min. Foi a vez do Barcelona sentir o revés. O Real Madrid continuou pressionando e seguia melhor em campo, mesmo com um a jogador a menos.

Messi, porém, liderou outra reação. No último lance do jogo, o atacante argentino recebeu um passe, na entrada da área do Real Madrid, e chutou com categoria para marcar o gol de número 500 da sua carreira e devolver a vitória ao Barcelona.

Com o resultado, o Barcelona foi a 75 pontos em 33 partidas e alcançou os madrilenhos na liderança do campeonato. A equipe da capital espanhol, porém, tem um jogo a menos, pois a partida contra o Celta, em 5 de fevereiro, foi adiada.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber