Esportes

Brasil vence Itália e mantém chances no Grand Prix

Da Redação ·
 Com o resultado, o Brasil assumiu momentaneamente a liderança da fase final do Grand Prix com oito pontos
fonte: googleimagens.com
Com o resultado, o Brasil assumiu momentaneamente a liderança da fase final do Grand Prix com oito pontos

A seleção brasileira feminina de vôlei atropelou a Itália neste sábado e ainda segue com chances de conquistar o título do Grand Prix, disputado em Ningbo, na China. Mesmo desfalcada de Mari e Paula Pequeno, lesionadas, a equipe de José Roberto Guimarães não tomou conhecimento do adversário e venceu por 3 sets a 0, com parciais de 25/18, 25/13 e 25/16, em apenas 59 minutos.

continua após publicidade

Com o resultado, o Brasil assumiu momentaneamente a liderança da fase final do Grand Prix com oito pontos (duas vitórias e duas derrotas), mas não depende de suas próprias forças para ficar com o título. Os Estados Unidos, que somam sete e enfrentam a China ainda neste sábado, só perdem o campeonato se forem derrotados por 3 a 0 ou 3 a 1 em uma das últimas duas partidas restantes - enfrentam ainda o Japão no domingo.

continua após publicidade

Além de aguardar a derrota dos Estados Unidos, a seleção brasileira precisa vencer a China na partida decisiva por 3 a 0 ou 3 a 1. "Temos que entrar concentradas contra a China e lutar até o fim pela vitória. Primeiro temos que ganhar amanhã (domingo), depois pensar nos Estados Unidos. Mas já que elas têm de perder pelo menos uma partida, não custa secar desde já", disse Fabiana.

continua após publicidade

Depois da derrota para as próprias norte-americanas na sexta-feira, a seleção brasileira entrou em quadra neste sábado com uma postura mais agressiva diante da seleção italiana, única equipe que havia lhe superado na primeira fase. E com atuação impecável de Natália, que entrou para substituir as ponteiras lesionadas e terminou como maior pontuadora do jogo, com 15 acertos, o Brasil venceu o primeiro set com tranquilidade.

O panorama não mudou nos sets seguintes. Com um bloqueio preciso - foram 14 pontos ao longo do confronto, contra apenas cinco das italianas -, a seleção brasileira manteve o domínio e fechou com tranquilidade, sem ser ameaçada uma única vez pelas adversárias.

continua após publicidade

Ainda neste sábado, a seleção polonesa surpreendeu o Japão e ganhou por 3 sets a 1, com parciais de 25/15, 21/25, 25/23 e 25/22. Este foi o primeiro triunfo das europeias na fase final do Grand Prix. As japonesas, por sua vez, venceram duas e perderam duas.