Esportes

Na seleção, Gabriel diz que quer 'fazer a diferença'

Da Redação ·

Convocado para o lugar do lesionado e experiente Gomes, o jovem goleiro cruzeirense Gabriel, de apenas 17 anos, afirmou nesta sexta-feira que espera poder "fazer a diferença" com a camisa da seleção brasileira e não apenas compor o grupo chamado pelo técnico Mano Menezes.

continua após publicidade

Logo na primeira entrevista coletiva que concedeu em sua carreira, o jogador mostrou personalidade. "Agora é me preparar para chegar lá não como um menino, mas como um homem, e fazer bonito. Não chegar como um garoto que veio para completar, e sim para fazer a diferença, como um atleta profissional", ressaltou o goleiro, que irá embarcar para Barcelona junto com o grupo da seleção para uma semana de treinos entre os dias 2 a 8 de setembro.

continua após publicidade

E, ao mesmo tempo em que já festejou a sua primeira convocação, o goleiro foi oficialmente promovido ao time profissional do Cruzeiro nesta sexta. O diretor de futebol do clube, Dimas Fonseca, confirmou a promoção com Gabriel ao seu lado na entrevista coletiva. "Na semana passada o (preparador de goleiros) Robertinho tinha me pedido que deixasse o Gabriel fazer parte do elenco profissional. Já profetizava essa convocação. Dou a notícia em primeira mão e peço ao Roger (Galvão), diretor aqui da base, que libere o Gabriel para fazer parte do elenco de profissionais. A partir de hoje (sexta-feira) o Gabriel deixa de ser jogador da base do Cruzeiro e passa a ser jogador do profissional", revelou.

Ao comentar as duas ótimas notícias que recebeu em um período de menos de 24 horas, o goleiro, que completa 18 anos no próximo dia 27 de setembro, disse que está conquistando dois grandes objetivos. "É a realização de um sonho. Quando você chega garoto na base pensa em treinar firme para chegar ao profissional. Minha mãe lembra muito bem disso, meu projeto era chegar ao profissional. Além do sonho da seleção principal, estou realizando outro", comentou.