Mais lidas
Esportes

Santos não perde mata-mata decidindo em casa desde 2014

.

SANTOS, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Santos e Ponte Preta decidem na quarta-feira (29) quem ficará com a primeira colocação do grupo D do Campeonato Paulista e, consequentemente, decidirá as quartas de final ao lado de sua torcida. Dorival Júnior ainda não confirmou o time, mas tudo indica que o técnico utilizará força máxima diante do Novorizontino, na Vila Belmiro, às 21h45 (de Brasília).

A ambição de ficar com o primeiro lugar, no caso do Santos, foge um pouco do óbvio. O time não sabe o que é perder um mata-mata decidindo a segunda partida em casa desde 2014. Na ocasião, a equipe então comandada por Enderson Moreira havia perdido a primeira semifinal da Copa do Brasil para o Cruzeiro por 1 a 0. Na Vila Belmiro, Robinho, Gabriel e Rildo chegaram a colocar o Santos mais perto da decisão, mas o Cruzeiro empatou por 3 a 3 e se classificou.

Desde então, o Santos disputou oito confrontos de mata-mata jogando a segunda partida em casa, e avançou em todos eles. Foi assim, por exemplo, nas semis e quartas da Copa do Brasil 2015, contra São Paulo e Figueirense, respectivamente -e com o Sport, na terceira fase do torneio. No mesmo ano, sagrou-se campeão paulista justamente após encarar o Palmeiras na Vila Belmiro na segunda partida -o título veio após decisão por pênaltis.

Em 2016, foram menos confrontos de mata-mata decidindo em casa, mas todos eles também foram vencidos. O principal deles foi mais uma vez em uma decisão de Campeonato Paulista, contra o Audax, na Vila Belmiro: vitória por 1 a 0 após empate por 1 a 1 na ida.

Em contrapartida, derrotas importantes nestes dois anos aconteceram com a segunda partida sendo realizada fora de casa. Foi assim na decisão da Copa do Brasil 2015, contra o Palmeiras, e na eliminação para o Internacional, nas quartas de final da Copa do Brasil 2016.

"Sim, sabemos que ficar em primeiro lugar dá um pouco de tranquilidade. Nos dá a possibilidade de jogarmos com a nossa torcida e isso é melhor para nós. O primeiro lugar é o nosso objetivo. Sabemos que no mata-mata temos que lutar mais. As partidas são mais difíceis para seguir na competição. A torcida precisará nos apoiar e faremos uma bela partida em casa. É algo mágico o que acontece na Vila Belmiro", disse o atacante Copete em entrevista coletiva nesta segunda-feira (27).

Para o Santos garantir a primeira colocação do grupo D e assim jogar a partida de volta contra a Ponte Preta como mandante, basta vencer o Novorizontino por qualquer placar, já que, apesar dos mesmos 19 pontos do time campineiro, soma uma vitória a mais na primeira fase. A Ponte Preta, por sua vez, recebe o Palmeiras no Moisés Lucarelli.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber