Esportes

Cielo promete dosar melhor os treinos

Da Redação ·

O nadador Cesar Cielo disse nesta quarta-feira (25), após perder os 50 m e 100 m livre no Pan-Pacifico, que se enganou sobre seu próprio condicionamento físico, acreditando estar melhor do que realmente estava.

continua após publicidade

O paulista, recordista mundial de ambas as provas, valorizou o título dos 50 m borboleta, que não é sua especialidade, mas não escondeu que os resultados abaixo do esperado são um alerta.

continua após publicidade

- Pensar "estou perfeito", eu não pensei, não. Mas o que realmente pensei é que o que estava fazendo era suficiente para ganhar. Porque eu estava fazendo o que a gente sempre fez. Mas agora terei que rever algumas coisas.

continua após publicidade

Cielo afirmou que vai rever a rotina de treinamentos para não treinar demais nem menos, mas pretende encontrar o equilíbrio para que não se repita o fracasso do Pan-Pacífico.

- Hoje, analisando com mais calma, mais frieza, vi que consegui três medalhas e tive um ouro nos 50m borboleta. Mas realmente cometi alguns erros. Bom que foi na hora certa e acabou sendo um despertador importante.

continua após publicidade

O nadador dividiu a culpa com seu treinador, o australiano Brett Hawke, que admitiu falta de participação nos treinamentos. Para Cielo, o tempo foi seu maior adversário na preparação para a competição.
 

continua após publicidade

- Eu vinha fazendo o que fiz quatro anos e deu certo. Todo mundo tem culpa, natação é um time. Ele [treinador] teve culpa, eu tive culpa... Por ser um Pan-Pacífico [competição não tão forte quanto um Mundial ou Olimpíada] a gente sempre acreditou que tinha tempo, mas não tivemos.

Cielo se preocupa agora com o lugar onde vai treinar. Como é atleta do Flamengo, o nadador deve optar por treinar lá, mesmo afirmando que a piscina não é a ideal, diferente da que treina em na Universidade de Auburn, nos Estados Unidos. No entanto, afirma que vai ficar no Brasil até o fim do ano.