Esportes

Ronaldinho Gaúcho é celebrado em jogo com Barcelona

Da Redação ·

A vitória do Barcelona sobre o Milan nos pênaltis por 3 a 1, após empate no tempo normal por 1 a 1, ficou em segundo plano na disputa do Troféu Joan Gamper nesta quarta-feira. Quase toda a atenção no Camp Nou estava voltada para Ronaldinho Gaúcho, que pela primeira vez enfrentou o time catalão desde que se transferiu para o futebol italiano em 2008.

continua após publicidade

A festa foi grande para o brasileiro. Ovacionado pela torcida ao entrar em campo, ele deu volta olímpica em seguida e foi aplaudido pelos quase 80 mil torcedores presentes no Camp Nou. Um vídeo no telão ainda exibiu os melhores momentos do meia-atacante pelo Barcelona, encerrado com a mensagem em catalão "Muito obrigado Ronaldinho". E antes de entrar em campo, ele ainda tirou fotos com os jogadores do Barcelona.

continua após publicidade

Quando foi substituído no segundo tempo, o brasileiro voltou a ser ovacionado pela torcida do Barcelona. Mas a maior homenagem ainda estava por vir. Ao término das penalidades, o time catalão ofereceu o troféu Joan Gamper ao seu ex-jogador.

continua após publicidade

E com a bola rolando, Ronaldinho Gaúcho teve atuação discreta como praticamente todo o Milan. Tentou alguns dribles, deu passes, mas nada de tão efetivo. Mesmo poupando alguns titulares, como Messi e Daniel Alves, que entraram apenas na etapa final, o Barcelona foi superior desde o início e criou as principais chances no primeiro tempo.

O primeiro gol, no entanto, saiu apenas no primeiro minuto da etapa final. Após jogada do lateral brasileiro Adriano pela esquerda, David Villa se antecipou e abriu o placar para o Barcelona. Mas apesar de retraído em campo, o Milan chegou ao empate aos 22 com um lindo gol de Inzaghi. Seedorf lançou do meio-campo e o atacante, na entrada da área, acertou chute de primeira no ângulo.

continua após publicidade

A partir daí, só o Barcelona jogou. Foram pelo menos três grandes chances criadas - e todas desperdiçadas ou defendida pelo goleiro Roma, que entrou no lugar de Amelia. O amistoso, assim, foi decidido nos pênaltis. E o ex-clube de Ronaldinho Gaúcho venceu por 3 a 1. Não que o resultado importasse. O troféu já era do brasileiro.