Mais lidas
Esportes

Após boa atuação, Tchê Tchê deve ser titular do Palmeiras na Libertadores

.

LUIZ COSENZO

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - De volta ao time titular após ficar um mês afastado em virtude de uma lesão no ombro esquerdo, o volante Tchê Tchê, 24, foi um dos destaques do Palmeiras na vitória sobre o São Paulo por 3 a 0, neste sábado (11), no Allianz Parque, pela oitava rodada do Campeonato Paulista.

Com a boa atuação no clássico, o jogador deve ser uma das novidades da equipe para o duelo contra o Jorge Willstermann, na quarta-feira (15), pela segunda rodada da Copa Libertadores. Ele deverá entrar na vaga de Thiago Santos e formar a linha de quatro com Michel Bastos, Dudu e Keno, poupado no clássico -entrou durante o segundo tempo. O meio de campo ainda deverá ter Felipe Melo, que cumpriu suspensão neste sábado.

"Entende da função, finaliza, falei para ele que esse meia tem que entrar e fazer finalização. Estamos no caminho certo, ganhamos Tchê Tchê, ganhamos Fabiano, jogadores importantes para a temporada", disse o treinador Eduardo Baptista citando também o lateral, outro que retornou após se recuperar de lesão.

Tchê Tchê disputou apenas a sua segunda partida no ano. Ele havia atuado anteriormente na vitória do Palmeiras sobre o Botafogo por 1 a 0, na abertura do Paulista, quando sofreu a lesão no ombro. Na oportunidade, também marcou um gol após um chute de fora da área.

"A gente vem numa crescente muito boa, às vezes as críticas aparecem, é normal, o pessoal quer que a gente jogue bem sempre até pelo investimento que foi feito, mas estamos conscientes do trabalho que fazemos. Quarta é um campeonato diferente, mas estamos no caminho certo", afirmou o volante, antes de comentar sobre o seu gol.

"Brinco que eu acho que sou canhoto [risos]. Procuro treinar, não me considero ambidestro. São os trabalhos que a gente vem fazendo após o treino para aprimorar", disse.

Além de Tchê Tchê e Felipe Melo, Eduardo Baptista vai também promover contra o time boliviano os retornos de Jean, Borja e Keno, que começaram o clássico no banco de reservas, além de Zé Roberto, poupado da partida deste sábado. Edu Dracena, outro poupado, atuará ao lado de Mina na defesa, já que Vitor Hugo cumprirá suspensão.

"Na saída do Vitor Hugo, o Edu Dracena vem muito bem, demos um descanso para ele. As outras opções vão ser tática. Vai ser do jeito que montamos hoje, vamos avaliar, são quatro dias para avaliar. Não vai ser por cansaço que não vamos escalar alguém", afirmou o treinador.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber