Esportes

Flamengo estreia na Libertadores contra San Lorenzo

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Não está fácil cravar onde será o próximo jogo do Flamengo até dias antes do pontapé inicial. Foi assim na semifinal e final da Taça Guanabara e está sendo novamente assim na estreia do clube na Libertadores, nesta quarta-feira (8), no Maracanã, às 21h45, contra o San Lorenzo. Um imbróglio envolvendo clube, concessionária do Maracanã e Crea (Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura) quase tirou o jogo do “maior do mundo”. O Flamengo não joga no estádio desde novembro do ano passado, antes de o local enfrentar grave crise de manutenção.

O clube carioca, aliás, vê no jogo inaugural uma ótima chance para se redimir com a torcida da decepção que foi a final da Taça Guanabara. O time rubronegro acumulava seis jogos e seis vitórias na competição, mas se expôs muito contra um certeiro Fluminense, empatou por 3 a 3, e a decisão ficou para as penalidades -melhor para o rival que errou menos e gritou é campeão.

O Flamengo vem com força máxima para o jogo contra os argentinos. A principal aposta é no trio artilheiro Diego, Mancuello e Guerrero.

O San Lorenzo, campeão da Libertadores em 2014, tenta repetir a campanha de três anos atrás, quando conseguiu seu primeiro título em uma campanha surpreendente -e deixou o papa, torcedor mais ilustre, bastante feliz. O defensor Marcos Angeleri promete que o time azulgrana vai encarar o Flamengo de igual para igual. “A ideia é sair para o jogo no Maracanã”, afirma. O nome mais conhecido, ao menos para os brasileiros, está no banco de reservas. É o treinador Diego Aguirre, que passou por Internacional e Atlético-MG.

FLAMENGO

Muralha; Pará, Réver, Rafael Vaz e Trauco; Romulo e Willian Arão; Everton, Diego e Mancuello; Guerrero. T.:: Zé Ricardo.

SAN LORENZO

Torrico; Díaz, Angeleri, Caruzzo e Montoya; Mussis, Ortigoza, Belluschi e Cerutti; Blandi e Botta. T.: Diego Aguirre.

Estádio: Maracanã, no Rio de Janeiro

Horário: 21h45 Árbitro: Andrés Cunha (Uruguai)