Esportes

Federer perde para tenista fora do top 100 e é eliminado em Dubai

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Campeão do Aberto da Austrália, Roger Federer (10º do mundo) conheceu nesta quarta-feira (1º) sua primeira derrota do ano.

O suíço foi superado pelo russo Evgeny Donskoy (116º) por 2 sets a 1, com parciais de 3/6, 7/6 (9/7) e 7/6 (7/5). A partida foi válida pela segunda rodada do ATP 500 de Dubai (EAU).

No último set, o suíço chegou a ter vantagem de 5 a 2 no marcador, mas não conseguiu consolidar a vitória. Além disso, no tie-break chegou a abrir 4 a 1 e acabou levando a virada. No segundo set, Federer já havia desperdiçado três match points no tie-break.

Federer não perdia para um tenista fora do top 100 desde julho de 2013, quando foi superado pelo argentino Federico Delbonis na semifinal do ATP 500 de Hamburgo (ALE).

Na ocasião, o sul-americano era 114º. Um pouco antes, em Wimbledon, Federer havia perdido para o ucraniano Sergiy Stakhovsky (116º) por 3 sets a 2, em duelo válido pela segunda rodada.

Esta foi apenas a sétima vez que Donskoy teve a oportunidade de enfrentar um tenista ranqueado entre os dez melhores - ele havia perdido as seis anteriores.

O tenista russo de 26 anos teve como melhor posição de sua carreira no ranking a 65º em 2013 e acumula mais derrotas do que vitórias em torneios da ATP. São 34 triunfos contra 67 reveses. Ele nunca conquistou um título nem alcançou uma final.

Na primeira rodada em Dubai, ele havia superado o compatriota Mikhail Youzhny (83º) por 2 sets a 0. Donskoy só entrou na chave principal de Dubai após superar o qualifying.

Com o resultado, Federer corre o risco de deixar o top 10 do ranking mundial, grupo para o qual retornou após conquistar o título na Austrália.