Mais lidas
Esportes

Santos inicia 'fase decisiva' como visitante

.

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O Santos fez, em 2017, seis partidas até aqui: cinco delas em casa, entre Vila Belmiro e Pacaembu, e apenas uma fora, contra o Ituano, em Itu. Agora, é a hora de a equipe de Dorival Júnior engatar uma sequência de três partidas como visitante e ver se a evolução da equipe, que voltou a vencer na última rodada e chegou a dois jogos sem levar gols, continuará acontecendo longe de casa.

E a sequência como visitante –exceção feita ao jogo contra o São Bernardo, dia 12 de março, no estádio Primeiro de Maio– pode ser colocada como "decisiva", ao menos para este início de temporada: clássico contra o Corinthians, dia 4 de março, na Arena Corinthians, e estreia na Libertadores, dia 9 de março, contra o Sporting Cristal, no Peru.

Resta, agora, saber qual Santos entrará em campo longe da Vila (ou do Pacaembu): o de 2015, que teve contestada performance como visitante, com apenas 36% de aproveitamento, com nove vitórias, dez empates e 15 derrotas, ou o de 2016, quando foi um dos melhores visitantes do Brasileiro e terminou a temporada com 11 vitórias, dez empates e 11 derrotas (quase 45%).

Por conta da mudança de mando no jogo contra o Red Bull, pela segunda rodada do Paulistão, o Santos acabou fazendo apenas um jogo como visitante em 2017 e, desta forma, não se "testou" como visitante: não levou gols, mas também não fez e ficou no 0 a 0 com o Ituano.

Para o clássico contra o Corinthians, a expectativa de Dorival Júnior é poder contar quase com força máxima. Renato e Lucas Lima voltam aos treinos nesta semana e têm chances de estarem à disposição para o duelo em Itaquera. Outra novidade pode ser a estreia do colombiano Vladimir Hernández, que ainda aguarda para ser regularizado.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber