Mais lidas
Esportes

Em jogo de 5 gols, Corinthians bate sensação caipira e confirma ascensão

.

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O Corinthians das vitórias por 1 a 0 ficou para trás. Neste sábado (25), em visita ao Mirassol, melhor equipe do Paulistão até então, o time de Fábio Carille ganhou por 3 a 2 em partida cheia de alternâncias e confirmou sua ascensão em 2017. Os gols do Corinthians, que tinha cinco vitórias por 1 a 0 no ano, foram de Pablo, Maycon e Pedro Henrique - Zé Roberto e Xuxa descontaram.

Empolgado pela vitória contra o Palmeiras na quarta-feira (22), o Corinthians foi modificado a campo, mas manteve a organização e a intensidade mostradas no dérbi. A equipe de Carille era melhor em campo, mas saiu atrás, encontrou a virada, levou o empate com um bonito gol de Xuxa, mas anotou no final com o garoto Pedro Henrique.

Os jovens, aliás, foram os protagonistas do triunfo que tirou a invencibilidade do Mirassol e tornou o Corinthians a melhor equipe do Paulistão. Sem uma série de titulares, Carille escalou seis jogadores criados no clube e foi premiado com mais três pontos.

O MELHOR: MAYCON

Escalado pelo lado esquerdo do meio, sugestão de Osmar Loss a Fábio Carille, teve grande atuação. Comandou as ações ofensivas, correu o campo todo e ainda marcou o segundo gol corintiano.

O PIOR: LÉO JABÁ

Foi destaque no clássico, mas dessa vez foi o jogador que menos apareceu do Corinthians. Lutou bastante, mas não levou perigo nas ações ofensivas. Tem futuro.

FORMAÇÃO NOVA DE CARILLE DÁ RESULTADO

Embora tenha afirmado que o Corinthians jogaria nos sistemas 4-2-3-1 ou 4-1-4-1 em 2017, Carille mudou de ideia para encaixar Jô e Kazim juntos. A equipe teve duas linhas de quatro e dois centroavantes juntos. Com bastante liberdade, Jô participou da armação de jogadas e combinou bem com o turco-inglês.

MIRASSOL: OSSO DURÍSSIMO DE ROER

Em seus domínios, o Mirassol mostrou as razões de estar invicto, e com 13 pontos, após cinco rodadas. A equipe do treinador Moisés Egert foi agressiva, buscou o ataque e deu muito trabalho ao Corinthians. Destaque para o veterano Xuxa, 35, e o jovem atacante Welinton Júnior, ex-Goiás.

O GRINGO QUER O GOL, MAS É DE PABLO

O gol do empate corintiano foi anotado por Pablo, em bola escorada por Kazim na entrada da pequena área. Porém, ao finalizar, o zagueiro chutou a bola no peito do atacante, que correu aos risos para as câmeras e reivindicou a autoria do gol dado ao colega. No segundo gol, feito por Maycon, Kazim também deu assistência meio sem querer, com uma bicicleta errada que foi aproveitada por Maycon.

NOVOS TEMPOS PARA A BASE NO CORINTHIANS

Depois de quase 10 anos, o Corinthians teve seis titulares das divisões de base na equipe. Além do experiente Jô, revelado em 2004, Carille escalou cinco jogadores sub-23: Pedro Henrique, Leo Príncipe, Arana, Maycon e Léo Jabá. Os garotos acabaram por ser decisivos com gols de Maycon e Pedro Henrique.

JADSON VEM AÍ É aguardada para a próxima quarta-feira a estreia do principal reforço corintiano para 2017. Jadson deve concluir a primeira etapa de sua preparação que aproximadamente 20 dias e ficar no banco de reservas na próxima quarta, diante do Brusque-SC, pela Copa do Brasil.

MIRASSOL

Vagner; Mário Sérgio, Edson Silva, Wallace e Raul (Luiz Fernando); Willian, Paulinho e Xuxa; Rodolfo (Rafhael Lucas), Zé Roberto e Wellinton Júnior (Bruno Sávio). T.: Moisés Egert.

CORINTHIANS

Cássio; Léo Príncipe, Pedro Henrique, Pablo e Arana; Leo Jabá (Romero), Gabriel, Fellipe Bastos e Maycon (Moisés); Jô (Marciel) e Kazim. T.: Fábio Carille

Estádio: José Maria de Campos Maia, em Mirassol Árbitro: Vinicius Furlan

Cartões amarelos: Paulinho (M); Fellipe Bastos e Pedro Henrique (C)

Gols: Zé Roberto, aos 28min, Pablo, aos 38min, Maycon, aos 43min do primeiro tempo, Xuxa, aos 36min, e Pedro Henrique, aos 38min do segundo tempo

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber