Mais lidas
Esportes

Borja marca na estreia, Palmeiras vence a Ferroviária e se reabilita

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Com um gol do atacante Borja, que fez sua estreia neste sábado (25), o Palmeiras afastou pelo menos que momentaneamente uma possível crise e ganhou mais tranquilidade para os próximos jogos com a vitória sobre a Ferroviária por 4 a 1, no Allianz Parque, pela sexta rodada do Campeonato Paulista.

Contratado por R$ 32,8 milhões (70% dos direitos econômicos), Borja, 24, entrou aos 22 minutos do segundo tempo no lugar de Willian. Quinze minutos depois, o colombiano tabelou com Dudu e tocou com categoria no canto de Matheus. Keno, Michel Bastos e Róger Guedes marcaram os outros gols da equipe alviverde. Alan Mineiro, ex-Corinthians, fez para o time do interior.

Com o triunfo, a equipe se reabilitou da derrota sofrida para o Corinthians por 1 a 0, na última quarta-feira (22). Assim, soma 12 pontos e está na liderança isolada do Grupo B.

Com um futebol mais envolvente e melhor distribuído em campo, principalmente na etapa inicial, o Palmeiras dominou a Ferroviária e criou várias chances de gol. A melhora ofensiva palmeirense foi em virtude das mudanças táticas feitas por Eduardo Baptista, que vinha sendo muito questionado.

O treinador tirou Zé Roberto da lateral e colocou o jogador no meio de campo ao lado de Thiago Santos, que substituiu Felipe Melo, entregue ao departamento médico. Egídio jogou no lado esquerdo. Com essa alteração, Raphael Veiga, titular no último jogo, ficou no banco de reservas -entrou na etapa complementar. Assim, o clube mudou sua formação do 4-1-4-1, esquema preferido do treinador, para o 4-2-3-1. A linha de três do meio de campo teve Michel Bastos aberto pela direita, Dudu centralizado e Keno pela esquerda.

Com triangulações, o clube criou várias oportunidades. O primeiro gol surgiu após uma boa troca de passes e movimentação do time. Michel Bastos tocou de calcanhar para Jean, que passou para Willian. O atacante cruzou para Keno desviar de cabeça e abrir o placar.

O time perdeu mais duas excelentes chances com Willian, que tocou para fora na saída do goleiro Matheus, e com Keno -driblou o goleiro e finalizou, mas a bola foi cortada em cima da linha.

Na etapa complementar, o Palmeiras não voltou com o mesmo ímpeto, apesar do domínio. Mesmo assim, chegou ao segundo gol em uma cobrança de falta ensaiada. Aos 20 minutos, Jean rolou para Michel Bastos, que bateu forte e o goleiro Matheus falhou.

Após o gol, o torcedor palmeirense pensou em uma goleada. Ela até surgiu, mas antes o clube sofreu uma pressão.

A defesa alviverde que até então não havia sido exigida levou um gol de pênalti. Aos 31 minutos, Alan Mineiro, ex-Corinthians, bateu forte para diminuiu.

O jogo ganhou emoção, mas Borja apareceu. Aos 37 minutos, em um contra-ataque, o colombiano recebeu de Dudu e tocou no canto com categoria. Três minutos depois, Róger Guedes definiu o placar.

Agora, o Palmeiras volta a campo na próxima sexta-feira (3), quando enfrenta o Red Bull em Campinas. A partida é a última do clube antes da estreia na Copa Libertadores, principal objetivo na temporada. O primeiro jogo no torneio sul-americano está marcado para o dia 8 contra o argentino Atlético Tucumán, fora de casa.

PALMEIRAS

Fernando Prass; Jean, Edu Dracena, Vitor Hugo, Egídio; Thiago Santos, Zé Roberto, Michel Bastos; Keno, Dudu e Willian (Borja). T.: Eduardo Baptista

FERROVIÁRIA

Matheus; William Cordeiro, Patrick, Leandro Amaro, Léo Veloso; Flávio (Juninho), Claudinei, Fabio Souza (Bruno Lopes), Alan Mineiro; Capixaba e Elder Santana. T.: P.C. de Oliveira

Estádio: Allianz Parque (SP) Árbitro: Leandro Bizzio Marinho

Assistentes: Daniel Paulo Ziolli e Fabio Rogerio Baesteiro

Cartões amarelos: Fernando Prass, Keno e Thiago Santos, pelo Palmeiras; Flávio e Fabio Souza, pela Ferroviária

Cartões vermelhos:

Gols: Keno, aos 13min do 1º tempo; Michel Bastos, aos 20min, Alan Mineiro, aos 31min, Borja, aos 37min, e Róger Guedes, aos 40min do segundo tempo

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber