Mais lidas
Esportes

Após 9 meses e duas cirurgias, Jefferson volta a sorrir no Botafogo

.

BERNARDO GENTILE

RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) - Foram necessários nove longos meses para que Jefferson voltasse a esboçar um sorriso no Botafogo. Titular absoluto e ídolo do clube, o goleiro deixou para trás momentos angustiantes onde até temeu uma aposentadoria precoce. Tudo por dores causadas por uma rara lesão no tríceps. Inicialmente não sabia se era caso cirúrgico. No final das contas foram necessárias duas intervenções.

De volta aos treinamentos, mesmo que gradativamente, o camisa 1 de General Severiano reencontrou a felicidade e se aproxima do retorno aos gramados. Ainda não há uma previsão exata, mas o fato é que agora já há uma luz no fim do túnel.

"Foram tempos difíceis durante esse processo de recuperação da lesão. Tive dias complicados, tristes, sem conseguir fazer o que eu mais amo que é jogar futebol. Depois que a primeira cirurgia não teve o resultado que esperávamos, logicamente que bateu um medo e uma incerteza sobre o meu futuro", disse Jefferson à reportagem.

"Felizmente, com um novo procedimento realizado no local, as coisas começaram a andar da forma como planejamos e a confiança na recuperação vem crescendo a cada dia. O apoio da família nesse momento foi primordial para que eu pudesse superar esse momento de tristeza e que voltasse a sonhar com grandes momentos com a camisa do Botafogo e, quem sabe, da seleção brasileira", completou.

Mesmo fora de campo, Jefferson não deixou de acompanhar o time. Pelo contrário. Se somou aos torcedores e vibrou do sofá com as classificações sobre Colo-Colo-CHI e Olímpia-PAR. "Fiquei muito feliz com a classificação do meu time para a fase de grupos da Libertadores e temos que valorizar o trabalho de todos aqui dentro do clube por essa conquista", afirmou.

A expectativa do departamento médico é que o goleiro esteja de volta aos gramados a partir de maio. Sendo assim, ele está fora da fase de grupos da Libertadores. Para ter o goleiro na competição internacional, somente a partir das oitavas de final.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber