Mais lidas
Esportes

Carille usou base e anulou saída de bola do Palmeiras para vencer clássico

.

GUILHERME SETO E LUIZ COSENZO

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O técnico Fábio Carille foi um dos principais destaques da vitória do Corinthians sobre o Palmeiras. Em seu primeiro clássico, o treinador escalou três jogadores revelados nas categorias de base do clube como titular e neutralizou a saída de bola do rival, um dos trunfos para a conquista dos três pontos.

Carille trocou o seu esquema favorito o 4-1-4-1 pelo 4-2-3-1. A linha de três foi formada pelo paraguaio Romero aberto pela direita, o atacante Léo Jabá, 18, do lado esquerdo, e o turco Kazim como o homem de referência. Rodriguinho atuou na função de armador.

Os quatro jogadores anularam a saída de bola do Palmeiras. Rodriguinho avançou para marcar o volante Felipe Melo, enquanto Léo Jabá segurava Jean e Romero marcava Zé Roberto. O volante Maycon, outro da categoria de base do clube, também fez uma marcação mais adiantada.

Aliás, Maycon foi outro destaque da partida. O volante corintiano foi uma aposta de Carille, que até então havia escalado no setor Fellipe Bastos e Camacho. O primeiro ficou no banco de reservas, enquanto o segundo foi liberado por conta da morte de seu pai.

Além de marcar a saída de bola, o Corinthians também criou oportunidades e merecia ter saído do primeiro tempo com vantagem.

Na etapa final, Carille não colocou um jogador de marcação para suprir a ausência de Gabriel, expulso injustamente no final do primeiro tempo. Ele manteve a formação e apenas recuou Rodriguinho.

A primeira substituição do treinador foi aos 35 minutos, quando o lateral Moisés substituiu Léo Jabá. Cinco minutos depois, colocou Jô no lugar de Kazim. O atacante reserva aproveitou a chance e marcou o gol da vitória pouco depois.

"Com frieza e paciência, a gente alcança as coisas. Nunca foi fácil aqui e nunca vai ser. Mérito do Carille, que tem uma filosofia aberta, não podemos ficar com a cabeça baixa. Tem de ter espírito de grupo", disse Jô em entrevista à Rádio Globo.

DEFESA

Desde que foi anunciado como técnico do Corinthians para esta temporada, Carille afirmou que sua primeira preocupação era ajustar o sistema defensivo. E o treinador aparentemente conseguiu. Em seis jogos oficiais no ano, a equipe sofreu apenas dois gols -justamente quando perdeu para o Santo André por 2 a 0, única derrota no ano.

Ao lado do próprio Palmeiras e do Ituano, o Corinthians tem a defesa menos vazada da competição.

OUTRO 1 A 0

Em 2017, o Corinthians já disputou seis partidas oficiais. O clube perdeu uma e venceu as outras cinco -todos por 1 a 0 (contra o São Bento, Novorizontino, Audax, Palmeiras, pelo Estadual, e diante da Caldense, pela Copa do Brasil).

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber